A polícia grega usou o seu novo canhão em cima dos manifestantes

Por Henry Langston

E, mais uma vez, a visão já familiar dos gregos a lutarem com outros gregos foi notícia esta semana porque, e já devem ter adivinhado, em Atenas houve mais uma ronda de confrontos entre protestantes e polícia de choque. Cem mil protestantes acamparam na Praça Sintagma no segundo dia de uma greve de 48 horas que coincidiu com a aprovação de novos cortes orçamentais de mais uns quantos mil milhões de euros (necessários para que o país receba mais dinheiro da troika). Claro que à porta do parlamento as coisas não demoraram muito para descarrilar e a polícia teve oportunidade de estrear os seus novos canhões de água (e estava de chuva nessa noite). Para a semana há uma nova greve, por isso vamos ver como é que as coisas correm — deve haver notícias para breve.


Fotografia por Nikolas Georgiou

Comentários