©2014 VICE Media LLC

    The VICE Channels

      O Ryan Gosling não é perfeito por estes cinco motivos

      January 17, 2013

      Por Clarisse Loughrey



      Gangster Squad
      , o novo filme do Ryan Gosling (no qual contracena com o Sean Penn), está prestes a chegar. E com este iminente lançamento, posso-te garantir que a imprensa vai desfazer-se em justificações para rotular o Ryan como o detentor do título de Pessoa Mais Fixe do Ano. Sim, isto existe e, sim, ele ganhou esta cena no ano passado. Só que, pensem bem: escrever um artigo a celebrar todos os louvores do homem é demasiado fácil para nós, jornalistas críticos. Isto, claro, porque a verdadeira pergunta que paira nas cabeças de toda a gente é, obviamente, uma e só uma: como é que ele consegue ser assim tãaaao perfeito? Tem de haver algo nele que não seja altamente. Ele não pode ser, simplesmente, um humano sem falha de nenhuma espécie. Certo?

      Então, junta-te a mim nesta jornada de proporções épicas, em busca de cinco coisas que não são fixes no Ryan. Porque nada é impossível!



      ERA UM PUTO ARROGANTE
      Ok, afinal encontrar o primeiro defeito do Gosling até foi fácil. Vou admitir algo pessoal, potencialmente condenável: odeio a criança Ryan. Ele tinha tudo o que acredito ser um nível inapropriado de swag para uma criança. É, simplesmente, irritante, em especial se tiveres de lidar com isto durante mais do que dois segundos. Claro que o Gosling pode defender-se e dizer que foi obrigado a usar pijamas cinco tamanhos acima do meu número, mas esta entrevista aqui em cima é 100 por cento Gosling: cheia de pérolas ditas com uma total confiança excessiva. “Gosto de hóquei porque é mesmo altamente. Adoro praticá-lo. Adoro tudo o que envolve, os artefactos e assim.” Por amor da santa: tira a merda do boné da cabeça e tenta desenvolver um bocado de vergonha pessoal, como todos nós.

      O JUSTIN BIEBER É SEU PRIMO EM 11.º GRAU
      O que o torna um otário por associação. Aqui entre nós, aparentemente, o Bieber também é parente da Avril Lavigne e da Céline Dion, segundo o Ancestry.com.uk. O que faz com que o Canadá pareça um lugar muito, muito pequeno ao resto do mundo civilizado.



      TENTOU AUTO-TATUAR-SE (CORREU MAL)
      Não satisfeito com um professional a sério, treinado para o fazer, o Gosling decidiu auto-tatuar-se, naquilo que aparenta ser um borrão ao calhas, logo acima do cotovelo esquerdo. Aparentemente, é a mão de um monstro, mas o gatafunho assemelha-se mais a um cepo triste de uma árvore cabeluda. Quer-se dizer… Não é tão má como a YOLO do Zac Efron (que me fez verter uma lágrima de pena pela raça humana), mas, ainda assim, é bastante estúpida. Isto é, obviamente, o tipo de bosta de que a criança Gosling ter-se-ia lembrado.



      ELE FOI O PEQUENO HÉRCULES
      Olhem uma maneira de arruinar o belo legado do Kevin Sorbo e da série Hercules: Legendary Journeys. O que é pior neste clip: o diálogo e a actuação terríveis, ou o bronze excessivo e o cabelo loiro/ desgrenhado do Ryan?



      AS MIUDINHAS RIEM-SE DELE QUANDO O GAJO TENTA FAZER BALLET
      O Ryan já admitiu que começou a frequentar aulas de ballet por nenhum outro motivo que não seja o seu prazer pessoal. Mas, aparentemente, ele não é lá grande coisa nisso. “Não tenho flexibilidade nenhuma. Os professores têm de me trazer uma barra especial só para mim, quando chegamos a essa parte da aula. Trazem-me uma pequena barra, que é colocada no meio da sala. Mal consigo levantar a minha perna até lá e depois há duas criancinhas de sete anos que se sentam ao meu lado e fazem o trabalho das barras a sério. Elas olham para mim como se me odiassem, como se estivesse a lixar tudo por estar lá. Elas olham-me como se dissessem 'meu, és velho, não és bom, já vi os teus filmes e é estranho que estejas aqui'."

      Vou assumir que tudo isto aconteceu como aquela cena do Step Up com o Channing Tatum. Topam como consegui mencionar a Channing Tatum num artigo sobre o Ryan Gosling? Achei que era bonito enfiar aqui isto, para poder relembrar que o Gosling perdeu o prémio de Homem Mais Sexy do Ano para o Chan.

      Bem, conseguimos. Chegámos lá. São estes os cincos factos (e apenas estes) que não tornam o Ryan Gosling perfeito. A sério, desafio-te aqui mesmo. Desafio-te que descubras mais algum defeito. Este homem é tão perfeito como os dotes de ballet da Nina Sayer. E nem sequer precisa de enlouquecer e de morrer durante o processo.


      -

      Temas: Caça aos Gangsters, defeitos, Ryan Gosling, bonito, perfeito, homens, ballet, Hollywood, futilidades

      Comentários