Aquenda a Neca

Um Guia Para Você Esconder Seu Pau

By Bruno B. Soraggi, Fotos por Bobby Doherty

Todo menino já brincou de fazer xoxotinha. No vestiário da escola, do clube, num acampamento ou no banheiro da casa dos pais — tanto faz. O ato de se olhar no espelho com o pau entre as pernas, deixando à mostra apenas um tufo macio de pentelhos é universal e inevitável, além de render ótimas fotos. Só que, para alguns homens, a graça de fingir não ter um pênis nunca acaba. A diferença é que, entre esses, a mágica é levada a sério e, por isso, precisam lançar mão de métodos eficazes e verossímeis. São eles o que o mundo batizou de drag queens e travestis, e que o Brasil hoje exporta em larga escala para serem mundialmente tão apreciados quanto Havaianas e Seu Jorge. Por este vasto conhecimento de causa, achamos legal partir de nós um guia ensinando como esconder a neca e ser feliz. Para isso pedimos algumas dicas da drag queen favorita da nossa redação, Lohren Beauty.

PREPARAÇÃO DO PÊNIS: Uma xoxota aparada, além de mais bonita, é mais higiênica e, no caso, mais fácil de desmontar. Portanto, depile o máximo possível, do umbigo à coluna, passando pelo pênis, saco e o caminho entre o saco e o cu. Só dê um tempo caso tenha acabado de raspar e for lidar com fitas adesivas, para evitar que a pele fique irritada.

O próximo passo é sumir com as bolas. Isso é primordial para todos os métodos de esconder o bilau, então é bom dominar a técnica. Estique bem o pau e empurre os testículos para cima, fazendo com que se encaixem em algum lugar da pélvis. Esse processo não costuma doer muito, a não ser que mal executado, e facilita se você fizer isso deitado sobre as costas, movendo os testículos delicadamente como se fossem Bolas Chinesas da Saúde. Entrar numa banheira gelada por alguns minutos também ajuda. Agora, para tornar a neca de pitibiriba, te três maneiras de fazaer isso, dependendo do tamanho do seu equipamento e preferências.


MÉTODO 1

Material necessário: uma calcinha apertada 
Tamanho de pênis recomendado: acima de 15 cm

Drags de primeira trucagem devem optar por este método, que é muito mais simples. Consiste em esticar o pênis, primeiro para frente e depois para baixo, juntá-lo ao saco e puxar tudo junto para trás o máximo possível por entre as pernas em direção à bunda. Comece vestindo uma calcinha bem apertada — quanto mais justa ela for, mais uniforme e linda ficará sua xoxota. As mais recomendadas são as calcinhas de lycra, que mesmo não sendo tão bonitas, unem conforto e flexibilidade numa única peça. Caso faça mesmo questão de usar uma linda calcinha de renda, use-a por cima de uma calcinha de lycra cor de pele. A única desvantagem deste método é que, caso se inicie uma ereção, a xoxota vai ganhar um pouco de volume, podendo passar um aspecto de absorvente encharcado.


MÉTODO 2

Material necessário: fita adesiva
Tamanho de pênis recomendado: tanto faz

Arranje uma fita adesiva. Não crepe, que solta fácil conforme você sua, nem daquela prateada, que, bom… A mais recomendada é daquelas largas usadas para fechar caixas. Estique o bilau e envolva-o com fita, da base até a cabeça. Puxe a fita para baixo e para trás, junto ao pau e ao saco, novamente passando tudo entre as pernas e bem por dentro da fenda da bunda. Faça uma volta pelo lado direito do quadril, passando novamente pela mistura pau-saco e aproveitando para firmá-la ainda mais. Faça a mesma coisa dando a volta pelo lado esquerdo. Fixe o pacote e finalmente corte a fita e grude a extremidade no cóccix. Vista a calcinha e seja feliz.

Variação 1: Você também pode envolver o pau em fita sem cobrir a cabeça. Isso faz com que a xoxota fique um pouco maior, mais testuda, e possibilita que a drag mije sentada — ótima para as mais beberronas.

Variação 2: Este método também é muito utilizado por travestis que desfilam em escolas de samba ou drags que se apresentam com tapa-sexo. Basta pular a etapa das voltas entre as pernas — mesmo porque nada vai estar lá pra cobri-las e, apesar de poder ser entendida como uma variação travesti da marquinha de biquíni, não é bonito (mesmo com fita transparente, vai ficar parecendo estria). Então apenas tenha certeza de que grudou a fita bem firme no cóccix após envolver todo o pau. Assim você vai poder sambar muito e ainda deixar dúvidas.


MÉTODO 3

Material necessário: fita adesiva e super bonder
Tamanho de pênis recomendado: japoneses

Esse é o método mais bizarro de todos, um tabu. Ninguém nunca conheceu quem tenha feito, só ouviu falar que existe. Claro que funciona melhor com paus pequenos, mesmo porque, se feito com uma jeba, o resultado final é praticamente um cu que caga e mija — e você vai entender o porquê.

Primeiro você deve amarrar o prepúcio com algum adesivo ou barbante, qualquer coisa não tão grossa. O laço deve ser feito de maneira que o máximo de pele cubra a cabeça do pau, e a impressão que se deve ter depois de isso feito é a de uma jasmim desidratada — não impedindo, porém, que saia líquido por ali. Feito isso, suma com suas bolas, puxe o pau para baixo e para trás, assim como nos outros métodos, e cole-o com uma fita discreta saída da cabeça dele o mais firme possível, passando pelo meio do rego.

Agora vem a genialidade oriental. Com o pau firme entre as pernas e aquele pequeno amontoado de pele do prepúcio, vão ficar sobrando as pelancas do começo superior do saco. Pegue-as, pela direita e pela esquerda, usando as mãos como se fossem pinças. O objetivo aqui é envolver toda a extensão do pau por essa pele, o que, quando estiver pronto, vai tomar uma forma semelhante à da fenda formada pelos grandes lábios femininos. Junte os dois lados com cola (cuidado!) e, pra ter certeza de que não vai soltar, cole com um pedaço de durex por cima. Feito isso, pegue outra fita adesiva, mais larga que um durex comum, e cole-a em extensão longitudinal cobrindo a parte entre a base do pau e a região anal. No Japão deve ter adesivos específicos para isso, caso queira importar. Se não, faça um furo no local da fita que vai ficar por cima do prepúcio de um jeito que aquele excesso de pele fique para fora, possibilitando que a drag urine. De todos os métodos, é o que deixa a buceta mais perfeita.

Comments