Notícias pela tarde: o urso assaltante e as universidades em saldos

E ainda: o russo que atropela polícias e o gajo que adormeceu em cima de hambúrgueres.

|
ago 5 2013, 11:50am


Um japonês pôs uma foto (sim, este japonês, esta mesma imagem) na sua conta de Twitter, entretanto apagada. Aparentemente, o gajo quis descansar um bocado em cima do seu trabalho que, diga-se, tem um aspecto bem fofo e confortável. Os patrões, claro, não só o despediram como, apostamos, emolduraram a foto em questão para servir de exemplo futuro. Dica útil de sobrevivência: quando discutires questões laborais com os teus amigos, nunca digas que tens o pior emprego do mundo.



Sergei Siluyanova é um russo de 30 anos com problemas de drogas e furtos. Até aqui, nada de mais. O problema do Sergei é que ele não curte polícias (de certeza que tem motivos para isso, não temos dúvidas) e, por isso, não admite que um reles agente se mantenha em pé em frente ao seu carro. Se, por acaso, isso acontecer, a bófia ganha uma boleia extra no capô.



As universidades privadas andam a fazer descontos nas propinas. Devido à conjuntura do país, a Lusófona, a Autónoma e o ISLA prepararam packs promocionais para alunos que entrem com determinada média e determinada idade. Será que é altura para o Relvas voltar (erm, começar) a estudar?



Nos EUA, algures pelas imediações de um restaurante de Colorado Springs, há um ursinho guloso que gosta de carne fresca. Não, não estamos a falar de um teddy bear, estamos mesmo a falar de um daqueles que mordem e matam pessoas. Mas adiante: o apetite do urso é tal que ele não se importa de levar o caixote do lixo embora, como se de um carrinho de compras se tratasse. Segundo o dono do diner, o urso (além de guloso) é esperto, uma vez que “passa o caixote da reciclagem e vai directamente para onde estão as coisas boas”.
Mais da VICE
Canais VICE