FYI.

This story is over 5 years old.

O novo clipe do Oto Gris é um mergulho profundo nas paixões humanas

Dividido em três atos, as cenas de “Dois Fachos” foram construídas sem ensaio e conhecimento prévio dos atores, simulando uma dança dialógica no fundo do mar.
Foto: Dai Cavalcante

A banda de rock cearense Oto Gris nutre, desde o início de sua formação, em 2015, um processo criativo que transcende a música e dialoga com outras formas de arte. No histórico do trio, constituído por Davi Serrano (guitarra, voz), Jonas Gomes (baixo) e Victor Bluhm (bateria), figuram cruzamentos com as artes plásticas, por exemplo, que resultaram na exposição Práticas de Mergulho-Vôo, que recentemente esteve em cartaz em São Paulo, Fortaleza, Recife e Olinda, acompanhando os shows da banda. Em seu novo clipe, "Dois Fachos", o conceito prossegue, dessa vez aplicado à performance e à atuação. "O processo criativo é em geral muito interessante pra nós", declarou a banda por e-mail. "Gostamos de perceber essas semelhanças entre os diversos tipos de fazer artístico. Essa conversa nos interessa muito. Colaborar com pessoas que admiramos é um aprendizado e uma expansão para nós."

Publicidade

O andamento de "Dois Fachos" divide-se em três atos. Inicia com uma performance dos atores Julia Feldens e Ernesto Filho emulando uma dança no fundo do mar, irrompe-se por um diálogo entre eles e se finda com outra pantomima dançante. "Na minha escuta da canção, prestando atenção tanto na letra como na melodia, uma palavra que se destaca é 'submerso' e o clima que é criado em torno dela", observa o diretor Iago Mati. "Parti desse combustível para imaginar e construir o ambiente onde a sequência corporal da Julia e do Ernesto aconteceu. Fomos adicionando nossas leituras a esse ambiente estranho e real, como um fundo do mar com a força gravitacional da Terra. A narrativa do vídeo foi pensada no universo de um encontro, e no encontro como colisão."

Todas as cenas foram gravadas sem ensaio e sem música. Embora as performances tenham brotado da espontaneidade da conversa entre os corpos, vários takes precisaram ser captados a fim de se chegar à totalidade do vídeo. A pausa para o diálogo surge como uma intrigante ruptura, que, segundo o Iago, também nasceu do improviso. "Alguns dias depois de gravada a primeira parte me veio essa possibilidade de narrativa", revela. "O diálogo inteiro é livre, eles estavam interpretando em cima de uma história que eu contei, assim como ocorreu na primeira parte, mas agora eles podiam usar as palavras, já tinham emergido daquele ambiente."

"Dois Fachos" representa o lado mais denso e introspectivo de Avôa, o álbum de estreia do grupo. E quando o Davi canta a palavra e a ideia de submersão, fica claro que os versos se referem a coisas como paixão, entrega, saudade e todas essas questões de relacionamento íntimo entre as pessoas. O embate das almas, enfim, como se fossem reagentes químicos.

A sessão se lançamento do vídeo rola nesta quinta (9), a partir das 19h, na Casa Líquida, no bairro de Pinheiros, em São Paulo. Para mais infos, clique aqui. A entrada é grátis.