Tudo que você queria saber sobre focas com enguias enfiadas no nariz

“Esse é o terceiro ou quarto caso de enguia no nariz que observamos.”
cientistas de animais
Uma foca-monge havaiana foi descoberta por cientistas com uma enguia alojada no nariz. Imagem: Hawaiian Monk Seal Research Program.

Não tenho palavras para essa foto de uma foca-monge havaiana com uma enguia enfiada no nariz – só perguntas.

A foto foi compartilhada no Facebook na semana passada pelo Hawaiian Monk Seal Research Program, uma divisão da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA em inglês) na ilha de Oahu, no Havaí.

A foto foi tirada no verão numa ilhota do atol French Frigate Shoals, onde outra ilha desapareceu em outubro depois de ser atingida por um poderoso furacão. Focas-monge usam essas ilhas para criar seus filhotes. Cerca de 80% da população da espécie é encontrada no French Frigate Shoals e outras partes mais ao norte do arquipélago havaiano.

Publicidade

“Esse é o terceiro ou quarto caso de enguia no nariz que observamos”, me disse Charles Littnan, cientista-chefe e supervisor de pesquisa ecológica do Hawaiian Monk Seal Research Program.

Ninguém sabe como a enguia foi parar lá, mas Littnan tem algumas teorias.

“Focas-monge procuram alimento enfiando o focinho em fendas de recifes de coral, embaixo de pedras e na areia”, ele disse, e a enguia pode ter se agarrado à narina da foca para tentar se defender.

“Alternativamente, pode ter acontecido da foca ter engolido a enguia e a regurgitado depois pelo caminho errado”, acrescentou Littnan. “Nunca conseguiremos descobrir.”

Pesquisadores removeram a enguia por meio de “uma leve contenção da foca e um puxão firme”, o programa disse no Facebook. O processo levou 30 segundos. Infelizmente, a enguia não sobreviveu.

Mas a história fica ainda mais estranha.

Nas décadas em que os cientistas da NOAA monitoram as focas, eles só notaram esse fenômeno nos últimos anos.

“Não sabemos se é só uma anomalia estatística estranha ou algo que veremos mais no futuro”, disse Littnan.

Casos anteriores ocorreram na Ilha Lisianski no noroeste do Havaí, onde a NOAA também estudou o animal.

As focas-monge havaianas são uma espécie ameaçada e encaram várias ameaças incluindo doenças, tubarões predadores, encolhimento de seu habitat, detritos marinhos e ataques deliberados de humanos. O Hawaiian Monk Seal Research Program aponta que limitação de alimentos é um fator central para o declínio de algumas subpopulações.

A espécie é “altamente sensível” às consequências das mudanças climáticas, e a NOAA estima que restam apenas 1.400 indivíduos na natureza. Estudando os animais, o Hawaiian Monk Seal Research Program espera ajudar a espécie a se recuperar.

“Todas as focas que encontramos nessa situação foram rapidamente pegas e a enguia gentilmente removida”, diz Littnan.

Nenhum dos animais, ele acrescentou, parecia muito incomodado com o incidente.

Leia mais matérias de ciência e tecnologia no canal Motherboard .
Siga o Motherboard Brasil no Facebook e no Twitter .
Siga a VICE Brasil no Facebook , Twitter e Instagram .