Como o maior time brasileiro de 'Counter-Strike' virou brother do Neymar
Games

Como o maior time brasileiro de 'Counter-Strike' virou brother do Neymar

Capitão do time também conta que a comemoração de gols do craque em referência ao game surgiu numa conversa de Whatsapp.
28.7.17

Algo que chama tanta a atenção quanto os vários títulos de Counter-Strike: Global Offensive que o time brasileiro da SK Gaming possui é a amizade que os jogadores da equipe têm com Neymar. No fim do ano passado, o menino Ney chamou o capitão Gabriel "Fallen" Toledo e companhia para uma tarde de jogatinas em sua mansão na cidade de Mangaratiba, no Rio de Janeiro, e as fotos viralizaram.

Mas afinal, como eles viraram brother de um dos maiores ídolos do futebol? Segundo O Verdadeiro (o outro apelido do Fallen), eles se conheceram por meio de um amigo em comum. "A gente recebeu um convite [para ir à casa do Neymar] do André Akkari [jogador profissional de Poker]", falou Fallen à VICE. "Eles estavam falando de Counter-Strike e se organizando para jogar, aí apareceu a oportunidade de a gente dar um pulo lá."

Publicidade

André Akkari, por sinal, é bem ligado ao mundo dos eSports e foi ele quem chamou Ronaldo Fenômeno para ser sócio junto com ele do time da CNB de League of Legends.

Fer, Fallen e Coldzera no 'Encontro com as Lendas'.

Fallen disse que foi tudo muito rápido no dia. Eles ficaram só algumas horas na mansão do jogador e nem chegaram a jogar tanto. "A gente jogou meio que no improviso com as máquinas, porque deu problema de energia, depois a internet não funcionava", relembrou.

Não foi à toa, então, que recentemente Neymar montou uma verdadeira LAN house com computadores tops na mesma casa e Fallen não vê a hora de poder jogar de novo por lá. Até porque aquela foi a primeira e única vez que eles estiveram juntos.

Ainda assim, ele diz que foi ótimo poder conhecer o ídolo e saber que ele gosta de dar uns tiros na De_Dust. Fallen até aproveitou para configurar o PC do craque para rodar o CS melhor.

Fallen tirou altas selfies com os fãs nesta sexta (28).

Depois do encontro com a SK, Neymar começou a mostrar mais seu apreço pelo famoso jogo de tiro, dando apoio ao time brasileiro em competições nas redes sociais e até comemorando gols com referência ao game.

Jogando pela seleção brasileira nas eliminatórias da Copa, Neymar comemorou um gol simulando uma "flashbang" e, em outra partida, pegou a bandeira de escanteio como um rifle de CS:GO.

As homenagens pegaram Fallen e o time da SK de surpresa, principalmente porque ele revelou que tudo começou com uma brincadeira em uma conversa de um grupo de Whatsapp que os jogadores de CS e de futebol participam.

Publicidade

"Foi uma ideia do pessoal do grupo, não lembro exatamente quem agora", conta Fallen. "A gente brincou de ele fazer uma menção [de CS] no gol e tal, foi um desafio que a gente lançou, mas não sabíamos se ele iria fazer mesmo ou não, mas ele foi lá e fez mesmo."

Fallen disse que era um sonho poder conhecer um ídolo do calibre de Neymar, mas dentro do cenário competitivo de CS, ele pode muito bem ser considerado uma figura como tão grande quanto o craque do futebol. No evento Encontro com as Lendas, que acontece até domingo (30) em São Paulo, dezenas de crianças e adolescentes faziam filas enormes para pegar um autógrafo e falar só alguns segundos com O Verdadeiro.

O prestígio dele e dos companheiros da SK é tanto que alguns chegaram a desembolsar R$ 600 só pra ter um Meet & Greet por uma hora com os pro players.

Apesar de todos os títulos e de ser considerado um dos melhores jogadores no cenário, Fallen diz que não se considera um Neymar do CS. Pra ele, esse título vai pra outro jogador: o polonês Filip "NEO" Kubski, jogador da Vitus Pro. "Ele foi um dos melhores jogadores do CS 1.6 de todos os tempos, indiscutivelmente, e ainda joga muito bem hoje em dia [em CS:GO]."

Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter e Instagram.