cinema

"Vincent", uma das primeiras curtas de animação de Tim Burton, é uma maravilha

Esta pérola de 1982 transpõe para o ecrã um comovente e obscuro poema escrito pelo próprio realizador norte-americano.
29.6.17

Este artigo foi originalmente publicado pela nossa plataforma Creators México.

Uma das primeiras produções do aclamado realizador norte-americano, Tim Burton, marca indubitavelmente um padrão daquilo que viria a ser a sua estética nos anos seguintes. Faces alongadas, paisagens absolutamente obscuras e um estranho sentimento que mistura o lúgrube com um certo imaginário infantil, são elementos já presentes em Vincent.

Realizada em 1982, quando Burton trabalhava como animador nos Walt Disney Studios e antes de se despedir por não concordar com a visão da empresa, esta curta-metragem é baseada num poema homónimo, escrito pelo próprio realizador e que reúne vários dos seus maiores ídolos na imaginação de uma criança.

Claramente inspirado no poema "The Crow", de Edgar Allan Poe, Vincent, narrado pelo actor Vincent Price, conta a história de um rapazinho que, provavelmente como Burton, se fecha por completo no seu mundo e não consegue distinguir entre a realidade e o que apenas acontece na sua mente obscura. Todavia, e resumindo, é uma história sobre luta e paz com os demónios internos que todos temos (os de Vincent são é um bocadinho mais medonhos que o normal).

Desfruta desta pérola acima.


Segue a VICE Portugal no Facebook, no Twitter e no Instagram.

Vê mais vídeos, documentários e reportagens em VICE VÍDEO.