Chicotes, perucas e alpacas: fotos da noite de Berlim
Fotos: Jesús Pastor
Viagem

Chicotes, perucas e alpacas: fotos da noite de Berlim

Jesús​​ Pastor passou sete anos a documentar os momentos mais hedonistas da vida nocturna berlinense.
8.8.17

Este artigo foi originalmente publicado na VICE Alemanha.

De ravers a chuparem esparguete do corpo uma da outra, a alpacas a serem passeadas por um clube, haverá poucas coisas da noite berlinense que tenham escapado à objectiva de Jesús Pastor. Nos últimos sete anos, o fotógrafo deambulou pelas festas mais hedonistas de Berlim, para documentar os seus "animais nocturnos", como gosta de lhes chamar. "Em Berlim, as pessoas estão mesmo acordadas à noite", conta.

Publicidade

Pastor começou por fotografar as nebulosas "afterparties" do Festival Internacional de Cinema de Berlim, em 2010. Não tardou até a sua reputação lhe dar acesso ao tipo de eventos que, normalmente, não permitem fotografias - como as festas no King Size Bar (famoso pelo seu tamanho reduzido e pela dificuldade em entrar), ou à House of Red Doors, na discoteca Wild Renate, descrita pelos seus organizadores com as palavras-chave "sexo, hedonismo, escapismo & exuberância".

A mais recente série fotográfica de Jesús Pastor, Wild Wolves, junta as suas melhores imagens, que mostram a glória hedonista de Berlim depois do sol se pôr. O fotógrafo garante que uma das coisas que mais gosta nas noites da cidade é o facto de as pessoas não terem praticamente qualquer tabu. E salienta: "Podes cheirar liberdade em cada esquina".

Abaixo podes ver algumas fotos de "Wild Wolves".