Publicidade
Este artigo tem mais de 5 anos.
cenas

O American Dream português

Dezassete anos depois, Jorge Mendes é o agente mais importante do mundo, e o responsável por cinco das sete transferências mais elevadas do mercado.

Por Jorge Penha
04 Dezembro 2014, 11:01am

Fotografia via Wikipédia.

A figura de "agente de jogadores" é relativamente recente no mundo do futebol. O primeiro de quem tenho memória é o Manuel Barbosa com as suas inesquecíveis gravatas (um pioneiro nesta arte, durante o final dos anos oitenta). Desde aí muita coisa se alterou, o valor das transferências dos jogadores aumentou exponencialmente, e o papel do "agente" passou a ser fundamental nas relações entre jogadores e clubes. Com esta nova "ordem mundial", destaca-se a figura de Jorge Mendes.

Da Bobadela para o topo do futebol mundial, fora dos relvados. O "sonho americano" made in Portugal, como o de uma estrela hip-hop saída do bairro, que do oito passa a oitenta.

O bairro da Petrogal foi o berço de Jorge Mendes. Filho de um funcionário da Petrogal e de uma dona de casa, "Cabanas" (o apelido de bairro) começou a revelar os seus dons de negociante nas constantes idas à feira da ladra, onde invariavelmente, e entre os amigos, era quem mais amealhava. Para contribuir com alguns escudos a mais para a economia familiar começa a trabalhar na fábrica de gelados da Olá, em Sacavém, na linha de montagem dos Cornettos.

No entanto, a grande paixão de Jorge Mendes é o futebol. Abandona o "bairro" rumo a norte, vai em busca do sonho, e Viana do Castelo é o seu destino.

Aos vinte anos Jorge jogava no modesto Vianense, e durante o boom do vhs (lembram-se?) decide abrir um clube de vídeo, num centro comercial da cidade. Esta é a semente da construção do seu império, o clube de vídeo Samui é um êxito. Portanto, próximo investimento: a exploração de bares e discotecas, onde por vezes também fazia de dj. Convidam-no para jogar no Lanheses, um clube do distrito de Viana, mas aceita com uma condição: ser o responsável por explorar a publicidade no campo, o que lhe permite, pela primeira vez, ganhar dinheiro a sério com o futebol... A vida começa a sorrir-lhe.

É numa das suas discotecas que Jorge conhece o seu primeiro "agenciado", Nuno Espírito Santo, à época guarda-redes do Vitória de Guimarães, que procurava dar um novo passo na carreira. Após uma longa conversa, Nuno acede a que Jorge Mendes seja o responsável pelo seu futuro desportivo. Com o primeiro "cliente" angariado, viaja constantemente até La Coruña para convencer o presidente do Deportivo a contratar Nuno. A persistência é recompensada, e em 1997 está consumada a primeira transferência com a label de Jorge Mendes, é oficialmente lançado o primeiro "single".​

Dezassete anos depois, Jorge Mendes é o agente mais importante do mundo, um "manager "que acumula mais de mil milhões de euros em transferências de jogadores, e o responsável por cinco das sete transferências mais elevadas do mercado. A Gestifute, que criou em 1996, tem mais do dobro do valor de mercado (536 milhões de euros) que as suas concorrentes, as inglesas Stellar Found e a Base Soccer Management.

Um dos segredos do êxito de Jorge Mendes é a proximidade que tem com todos os seus agenciados, proporcionando-lhes todas as condições para que possam concentrar-se, apenas e só, no essencial: o futebol. Este sucesso profissional, a construção do "sonho", não se deve a um golpe de sorte ou às relações construídas durante o tempo. Quando não está a dormir, Jorge está a trabalhar, com o telemóvel como principal ferramenta. Reza a lenda que durante almoço com Florentino Perez, presidente do Real Madrid, recebeu 160 chamadas (160 chamadas!). Acorda em Manchester, almoça em Paris, janta em Milão, adormece em Moscovo, não pára, na expectativa de fechar mais um negócio.

A determinação, o perfeccionismo, e a ambição de ser o melhor são pontos que tem em comum com dois dos dos cabeças-de-cartaz que representa, Mourinho e Cristiano Ronaldo. Um triunvirato made in Portugal, longe da imagem do "português coitadinho", que trabalha e não faz barulho para não incomodar.

A rede de contactos construída por Mendes torna-o numa personagem fundamental para qualquer projecto desportivo. Do Real Madrid ao Chelsea, do Barcelona ao Manchester United, Jorge Mendes tem contacto directo e preferencial com todos os responsáveis dos maiores clubes do mundo. Almoça com Laporta em Madrid, e notícia imediata, Laporta já planifica a candidatura à presidência do Barcelona. É este o poder de Jorge Mendes. Do bairro da Petrogal, à abertura de um clube de vídeo em Viana do Castelo, a tornar-se o agente desportivo mais poderoso que o mundo do futebol viu nascer.

Jorge Mendes construiu o seu sonho americano. "From Bobadela you can touch the sky..."

Tagged:
Pusha T
Jay Z
Common
kanye west
De La Soul
cornetto
futebol
Vice Blog
American dream
cristiano ronaldo
Jorge Mendes
mourinho
Moscavide