FYI.

This story is over 5 years old.

Ouça 'Muleke Brabo', o Debut do Menino Luizin Beats

Assinado pela label Funk na Caixa, o debut do novinho carioca está nesta cena que arrasta qualquer barreira musical.

O Luizin Beats é o mais novo talento da imberbe cena de produtores de funk que empresta elementos do EDM gringos para dar aquele TCHAN na fórmula básica do tamborzão e voz. Isso, em si mesmo, não é novidade nenhuma; o fato novo aqui é perceber que essa molecada segue mais ou menos os passos de gente como o DJ Sydney (com aquele remix do Major Lazer), ou sacaram o MC Brinquedo usando white noise (o famigerado CHIADO) no seu som. Com toques de trap, passando pelo moombahton à rasterinha, dá até pra arriscar que o L.B. já tá fazendo um neo baile funk no seu primeiro disco Muleke Brabo. Ou outra coisa, sei lá. O nome a gente dá depois.

Publicidade

O Renato Martins, nosso parça à frente do Funk na Caixa, o selo que assina o disco, explicou melhor o conceito estilístico por trás: "Mesmo com a influência do tamborzão, o som não é nada parecido com o que estamos acostumados a ouvir. É quase um EP só de neo baile, mas feito por um produtor típico de baile funk." O lance de produzir um álbum começou quando o o Luizin mostrou ao cara à frente do Funk na Caixa a terceira faixa: "Dedinho Pro Alto". O Renato ouviu e viu que o Muleke Brabo, como era chamado aos 15 quando tocava nos bailes ou na Rádio Mandela Digital, tinha potencial para fazer um disco. "Como eu era moleque, os caras me zoavam falando que eu era 'brabo' mesmo." Conta L.B.

Ouça com exclusividade, Muleke Brabo, estreia do Luizin Beats que já está disponível pelo Funk na Caixa:

O Luizin Beats é o mais novo talento da imberbe cena de produtores de funk que empresta elementos do EDM gringos para dar aquele TCHAN na fórmula básica do tamborzão e voz. Isso, em si mesmo, não é novidade nenhuma; o fato novo aqui é perceber que essa molecada segue mais ou menos os passos de gente como o DJ Sydney (com aquele remix do Major Lazer), ou sacaram o MC Brinquedo usando white noise (o famigerado CHIADO) no seu som. Com toques de trap, passando pelo moombahton à rasterinha, dá até pra arriscar que o L.B. já tá fazendo um neo baile funk no seu primeiro disco Muleke Brabo. Ou outra coisa, sei lá. O nome a gente dá depois.


O Renato Martins, nosso parça à frente do Funk na Caixa, o selo que assina o disco, explicou melhor o conceito estilístico por trás: "Mesmo com a influência do tamborzão, o som não é nada parecido com o que estamos acostumados a ouvir. É quase um EP só de neo baile, mas feito por um produtor típico de baile funk." O lance de produzir um álbum começou quando o o Luizin mostrou ao cara à frente do Funk na Caixa a terceira faixa: "Dedinho Pro Alto". O Renato ouviu e viu que o Muleke Brabo, como era chamado aos 15 quando tocava nos bailes ou na Rádio Mandela Digital, tinha potencial para fazer um disco. "Como eu era moleque, os caras me zoavam falando que eu era 'brabo' mesmo." Conta L.B.

Ouça com exclusividade, Muleke Brabo, estreia do Luizin Beats que já está disponível pelo Funk na Caixa:

O L.B. está no Facebook // Soundcloud

O L.B. está no Facebook // Soundcloud