FYI.

This story is over 5 years old.

O Marcão Baixada Chamou uma Galera pra Remixar "Bang Bang"

O produtor carioca soltou um EP pela RWND Records com remixes feitos pelo Nectar Gang, Neguim Beats, Bento e Vegaz.
31.3.15

No ano passado, o Marcão Baixada lançou seu som "Bang Bang" e chamou a atenção do Fabio Heinz, um dos nomes à frente da Wobble, até que começaram os papos de lançar um selo. O selo em questão é a RWND Records, do Fabio e do Mr. Brentar, que já passou por aqui quando falamos sobre o "Fujimonster". Agora Marcão e a RWND se juntaram para o primeiro EP da label, uma coleção de remixes do single do produtor carioca feitos pelo Nectar Gang (que deu até uma prévia na Wobble de Carnaval do Rio), pelo Neguim Beats, pelo Bento e pelo Vegaz.

Publicidade

"É uma cultura muito comum na música norte-americana [lançar um EP de remixes] e isso valoriza o trabalho dos produtores, dos DJs e dos artistas que se dispõem a compartilhar outra ótica da mesma música", diz Marcão ao THUMP. "Então fomos à caça de outros parceiros pra fechar o pacote". Segundo o cara, o remix do Bento já estava planejado antes mesmo da RWND sair do papel. "Ficou uma viagem muito doida porque ele alterou o pitch da minha voz, deixando-a super fina, e ele fez um beat boom bap bem louco. Me lembrou as paradas do Quasimoto, que eu curto muito por sinal", diz.

Logo em seguida, o Vegaz decidiu rimar em cima da faixa original e então surgiram as parcerias com o Nectar Gang e o Neguim Beats. "Pensamos no Nectar porque já existia uma troca de ideias entre mim e os caras, a gente sempre se encontra nas festas e compartilhamos de um gosto similar", explica. "E aí surgiu o remix do Neguim, que é um cara que admiro muito e acompanho há quase 3 anos, na época conheci ele através dos parceiros do grupo Antiéticos, que já haviam trabalhado com ele".

E a graça toda é que o EP tem participação de produtores de regiões diferentes (Marcão é da Baixada Fluminense, Nectar é do eixo Centro-Zona Sul do RJ, Neguim é de Goiânia e Vegaz de Curitiba). "Acredito que vivência de cada um em seu local de origem acaba reforçando o som que eles fazem, e trouxe uma variedade muito interessante pro projeto", completa Marcão. Pra entender a leitura que cada um deu a "Bang Bang", se liga no EP aí em cima.

Siga o Marcão Baixada no SoundCloud // Twitter // Facebook