FYI.

This story is over 5 years old.

Comida

Visitei um Spa de Vinho no Japão

Em Tóquio, fui com minha namorada a um onsen, onde você pode nadar em piscinas de chá verde, vinho, café e saquê.
16.12.13

Acima, a piscina de vinho.

Aparentemente, Tóquio é a capital do entretenimento mundial e um lugar onde ficar entediado não é uma opção. Seja jogando num fliperama, tomando conta de um bichinho virtual em seu celular ou dando uma passada num café de carinhos, a oferta de divertimento pessoal é entregue por demanda, por meio de um número quase infinito de estabelecimentos. Mas nessa lista interminável de opções, ainda existe uma disciplina tácita na cultura japonesa; um código silencioso que dita que a recreação acontece estritamente antes e depois de suas obrigações diárias.

Publicidade

É por causa dessa mentalidade que certos tipos de pacote de fuga parecem mais comuns no Japão do que nos Estados Unidos. Onsen (termas) são um dos tipos de estadia de final de semana preferidos entre os japoneses. Com mais de 25 mil fontes termais naturais em todo o país, as áreas geotérmicas japonesas ajudam a alimentar três mil resorts locais. Indo do natural ao claramente feito pelo homem, essas termas possuem diferentes formas e tamanhos. Onsen tradicionais são uma coleção de piscinas rasas onde homens e mulheres se reúnem separadamente para ficarem nus e se recuperar da rotina diária. Os onsen em geral oferecem uma variedade de banhos com jatos, cachoeiras e correntes elétricas suaves correndo pela água morna e rejuvenescedora.

Numa visita recente a Tóquio, a possibilidade de me banhar num onsen apareceu em meu radar. Eu e minha namorada decidimos pagar para visitar o Hakone Kowakien Yunessun, um resort familiar a duas horas a sudeste de Tóquio, onde você pode nadar em piscinas de chá verde, vinho, café e saquê.

Elena numa gigantesca piscina de chá verde.

Como em qualquer outro onsen, tatuagens visíveis de qualquer tipo são proibidas no resort Yunessun. Vi muitas bandagens cobrindo bíceps, quadris e a parte de baixo das costas das mulheres. Quem vem para o Yunessun com muita tinta para cobrir é forçado a comprar uma camiseta branca de spandex, que a pessoa deve usar durante os tratamentos do spa.

O guarda do spa mantém a ordem.

E enquanto os onsen mais tradicionais permitem nudez nas termas divididas por sexo, ficar pelado não é permitido dentro do Yunessun, então, ambos os sexos podem boiar em harmonia entre todo o chá verde, café, saquê e vinho. A maioria dos adultos aluga ponchos tie-dye para usar dentro da água. A uniformidade do visual deixava o lugar parecendo um culto aquático.

A Montanha Rodeio e seu lago de chá verde.

Andando pela seção “Yutopia” do parque, passamos pelos “Mar do Deus Egeu”, uma piscina enorme cercada por imponentes mosaicos de paisagens gregas. Além desse oceano falso, estava a “Montanha Rodeio”, um grande rochedo artificial com tobogãs que levavam os visitantes num lago de chá verde. Dentro da estrutura oca da montanha ficava uma pequena gruta escura, onde casais universitários japoneses boiavam nas águas rasas, apoiando-se silenciosamente um no outro e tirando selfies.

Publicidade

Em “Yutopia” havia várias hidromassagens contendo uma variedade de líquidos tradicionais, todos considerados “bons para a pele”. Apesar da presença de banhos de café e saquê, o banho de vinho Yunessun parecia a escolha óbvia para a experiência definitiva de relaxamento.

Spa de vinho clorado.

Por cima de uma grande bacia de água roxa, uma garrafa gigante de merlot cuspia vinho diluído numa piscina do tamanho e profundidade de um micro-ônibus. Assim que entramos nas águas cloradas e infundidas de vinho, um menino veio atrás carregando uma enorme garrafa plástica colada com silver tape. Convulsionando com a garrafa nas mãos, ele começou a derramar vinho em todos que estavam na piscina, incluindo um recém-nascido. A mãe cobriu os olhos do bebê, enquanto o vinho espirrava na boca meio aberta dele. Todo mundo lambeu o álcool barato de mercado que escorria por nossos rostos, apesar das duas palavras agourentas em inglês que o garoto gritou em nossa direção: “No drink!

Ao final do nosso dia no spa, decidimos partir para uma das nascentes termais mais tradicionais no fundo do parque. Andando até a piscina, vimos um casal de adolescentes — o garoto era um gordinho tatuado usando uma camiseta de spandex — silenciosamente se encoxando dentro das águas calmas.

A gruta.

Assistimos e esperamos.

Quando a dupla finalmente terminou, deslizamos para dentro das águas mornas para desopilar depois de um dia de relaxamento. Como muitos casais antes de nós, sentamos na piscina em completo silêncio.

Veja mais fotos de Chris Maggio em ChrisMaggio.biz