Drogas

Falamos com pessoas viciadas em descongestionante nasal

Alguns dos estimulantes encontrados em sprays nasais podem tornar muito difícil parar de usá-los.
Todas as fotos cortesia do grupo do Facebook Adictos al Respibien (oximetazolina).

Alguns anos atrás, Raquel*, 22 anos, comprou um spray nasal numa farmácia que continha o poderoso descongestionante oximetazolina — um estimulante que ela sabia que podia ter efeito viciante. “Eu tinha um amigo que usava isso há anos, ao ponto de carregar um vidrinho de spray com ele o tempo todo”, ela me conta. “Quando percebi que estava usando o remédio por muito mais tempo que o receitado, voltei para a farmácia.”

Publicidade

Raquel explicou ao farmacêutico que estava usando o spray todo dia antes de dormir porque tinha medo de não conseguir respirar durante o sono. Além disso, ela usava um inalador várias vezes por dia, independente de estar com o nariz entupido ou não. “O farmacêutico me avisou para não largar o spray completamente de uma vez, mas para ir diminuindo o uso gradualmente e usando um spray nasal com descongestionantes naturais”, explica Raquel. “O farmacêutico também me disse que meu problema era bem comum e que eu não deveria me preocupar muito com isso.”

adiccion al respibien oximetalozina

Todas as fotos via grupo do Facebook Adictos al Respibien (oximetazolina).

“Sprays nasais funcionam estimulando o sistema nervoso a forçar o sangue para fora do tecido do nariz, o que acaba com o inchaço que causa o entupimento”, me diz a Dra. Marina Pacheco. O alívio instantâneo é o que acaba viciando as pessoas, além do fato que o corpo começa a depender do spray para o que deveria estar fazendo naturalmente.

“Quanto mais tolerantes ficamos a estimulantes artificiais como a oximetazolina, mais deles precisamos para conseguir o mesmo efeito. Então quando você para de usar, suas defesas naturais estão muito baixas para impedir que seu nariz fique entupido o tempo todo, e você quer o alívio do spray de novo”, acrescenta a Dra. Pacheco.

Foi só mencionar casualmente que estava escrevendo uma matéria sobre spray nasal para um colega de trabalho confessar que teve problemas para largar o medicamento, e seu pai também. E eles não estão sozinhos — o grupo do Facebook espanhol “Adictos al Respibien” (Viciados em spray nasal) é meio que um grupo de apoio, com mais de 500 membros compartilhando suas experiências inalando oximetazolina e oferecendo conselhos de como parar.

Publicidade

“Fiz a página nove anos atrás meio que de brincadeira”, diz o fundador do grupo, David*. “Eu queria saber se era a única pessoa do mundo que não conseguia controlar o uso de spray nasal. Mas para minha surpresa, nos dias seguintes várias pessoas se juntaram e começaram a compartilhar suas histórias. Ainda tem um lado de brincadeira na página, mas o grupo também ajuda as pessoas a lidar com os problemas diários que essa dependência numa droga legalizada pode criar.”

adiccion al respibien oximetalozina

Por anos, Lara*, membro do grupo do David no Facebook, não saía de casa sem um vidrinho de spray nasal. “A garrafinha virou quase que uma extensão do meu corpo”, ela lembra. “Você sabe que as coisas estão mal quando precisa ir para uma farmácia 24 horas às 3 da manhã para comprar outro vidro. Ou quando está de férias num país como a França, e não encontra seu spray favorito em nenhum lugar lá, então você só quer voltar pra casa.”

Para esconder sua obsessão do farmacêutico local, ela sempre ia para farmácias diferentes da cidade comprar seu spray. Ela conseguiu vencer sua dependência eventualmente, mas ainda contribui regularmente com a comunidade de viciados em spray nasal — ela sempre comenta dando dicas e truques que a ajudaram a largar o vício.

Álvaro*, 33 anos, usou um vidrinho de spray com oximetazolina a cada três dias por 13 anos, até começar a diminuir o uso no início do ano. “Meu pai e eu usávamos o remédio o tempo todo”, ele explica. “Ninguém avisou que isso tinha um efeito tão viciante.”

Publicidade

Segundo Álvaro, os sintomas de abstinência envolvem principalmente sentir uma ansiedade extrema. “Meu coração disparava, eu começava a me sentir nervoso e irritado, e brigava facilmente com meus pais”, ele diz. “Era um problema constante.”

Elena*, 44 anos, é outro membro ativo do grupo. Ela começou a usar spray nasal dois anos atrás, mas recentemente parou de vez. “Quando parei de fumar eu me sentia ansiosa, mas senti um nível completamente diferente de ansiedade parando de usar oximetazolina”, ela confessa. “Cada dia sem cigarro parece uma conquista positiva — uma razão para ter orgulho de mim mesma. Mas com isso, eu mal podia esperar o dia acabar. Mas as noites eram ainda piores – eu estava constantemente preocupada em não conseguir mais respirar.”

adiccion al respibien oximetalozina

Christian toma oximetazolina há 20 anos – quando criança, ele sofria de asma e várias alergias, mas agora está lidando com uma rinite alérgica crônica. “Por causa do spray, fiquei hipersensível a cheiros, meus olhos enchem de água e espirro o tempo todo. Mas não consigo praticar esportes sem meu spray, e mesmo caminhar pode ser tornar difícil respirar confortavelmente.”

Christian, Lara, Álvaro, Elena e David têm experiências diferentes tentando largar o vício. Mas quando perguntei para cada um que conselho eles dariam para alguém pensando em usar spray nasal com oximetazolina pela primeira vez, a resposta deles foi unânime: “Não use”.

*Os nomes foram mudados para proteger a identidade dos entrevistados.

adiccion al respibien oximetalozina

Todas as fotos via grupo do Facebook Adictos al Respibien (oximetazolina).

adiccion al respibien oximetalozina

Via Facebook Adictos al Respibien (oximetazolina)

Matéria originalmente publicada pela VICE Espanha.
Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.