Música

Onze álbuns e dezanove canções que fazem de 2018 um ano melhor

Numa altura em que os festivais estão a chegar, recomendamos alguns discos que dão luminosidade e brilho aos primeiros cinco meses do ano.
(Da esq. para a dir.) Childish Gambino (via captura de ecrã YT), Victoria Legrand, dos Beach House (Foto via FB), David Bruno (Foto via FB).

A conversa entre dois colegas no escritório. Funcionário 1: “Manel, sabes para onde vais de férias? Funcionário 2: “Eu e a Leonor planeamos viajar para o sul de França…e tu?” F1: “Devo ir com uns primos vintões a Ibiza. Eles querem farra toda a noite…!”. Mesmo que tu ainda não tenhas programado nada em concreto [e que o que venhas a programar seja tudo menos isto], avançamos com material sonoro que pode ajudar a refrescar a tua playlist.

Publicidade

Sem nenhuma ordem em particular, escolhemos onze álbuns e dezanove temas que têm dado um cunho especial a 2018 antes da chegada dos festivais de Verão. Um dos maiores está mesmo ao virar da esquina: o portuense NOS Primavera Sound realiza-se entre 7 e 9 de Junho, com uma pré-celebração gratuita, dia 6 (quarta-feira à noite), nos Aliados, ao ritmo de Fatboy Slim. Para já, aproveita o nosso menu gordinho de música e imagem.

ÁLBUM (11): Flirts na Casa de Praia, namoricos na Monte da Virgem e as aventuras do computador atrevido

1. “7” - Beach House

Post-it: Arcade Fire, LCD Soundsystem e Beach House. Três bandas que são como um relógio suíço. Cada vez que regressam, não falham (ok, o último disco dos Arcade Fire é a excepção). A dupla de Baltimore parece ter o condão de estar em permanente “telepatia” com os acólitos dos Air e Cocteau Twins, tal a eloquência das suas edições. 7 merece um On Repeat frequente.

Podes saborear o disco enquanto… vives o carinho, os beijinhos e as “mordidelas” de um romance de Verão. Temas por onde começar a audição: “Dive” e “Lose Your Smile” (escutar acima).

2. “2012-2017” - A.A.L. (Against All Logic)

Post-it: Contra alguma lógica (pois podia fazer render o peixe pelo facto de ser conhecido), o garimpeiro de samples preciosos e batidas infindavelmente tentadoras apresenta-se como A.A.L.. Nicolas “magician” Jaar eterniza, como ninguém, as pistas de minguados e estupendos bares.

Publicidade

Neste Verão podes saborear o disco enquanto… vais de carro, com a tua “pandilha”, sem saber exactamente onde beber “uns copos”. Temas por onde começar a audição: “Now You Got Me Hooked” (clicar acima) e “Some Kind of Game”.

3. “All Melody” - Nils Frahm

Post-it: O trabalho do produtor germânico reluz novamente, ao misturar composições clássicas com a electrónica contemporânea. Esta “melodia” é indicada a momentos reflexivos e ao piscar de olho à alma do silêncio. De Berlim, com muita textura espiritual.

Neste Verão podes saborear o disco quando… necessitares de fazer uma pausa de tudo, de todos, de ti próprio e das notícias que envolvam o Bruno de Carvalho. Temas por onde começar a audição: “My Friend The Forest” (para ouvir acima/ao vivo no Yoyo, em Paris) e “A Place”.

4. “Cocoa Sugar” – Young Fathers

Post-it: É injusto rotular a música dos YF de hip-hop. Ao terceiro longa-duração, os escoceses mostram o poderio da sua arte ecléctica (com aromas de gospel, indie tribal e pop) e fazem-nos esquecer que em tempos andávamos entusiasmados com os TV On The Radio.

Neste Verão podes saborear o disco quando… pretendes uma coisa cheia de vigor, enquanto dás uma arrumadela à estante de livros, DVD e bugigangas várias. Temas por onde começar a audição: “In My View” e “Toy” (conhecer acima).

5. “Dirty Computer” - Janelle Monáe

Post-it: A cantora norte-americana deixou de ser a envergonhada da turma soul e r&b. Agora, numa transformação inspirada em Prince, é a “Madonna negra” com orgulho na mentalidade liberal, no aparato dos telediscos e num computador “kinky”. Respeitosos cumprimentos a esta mudança.

Publicidade

Neste Verão podes saborear o disco enquanto… escolhes uns “trapinhos” chiques para que ninguém fique indiferente à tua presença. Temas por onde começar a audição: “PYNK”(ver clip acima) e “Make Me Feel”.

6. “I Need to Start a Garden” - Haley Heynderickx

Post-it: Ao analisar este “jardim” há cantoras que vêm facilmente à memória, casos de Cat Power e Weyes Blood. Desde o primeiro acorde ao último suspiro, nem por um segundo hesitamos em exaltar o seu valor. Esta compositora de Portland estreia-se em grande estilo.

Neste Verão podes saborear o disco enquanto…cuidas das plantas, dos animais de estimação e do teu heart com dúvidas existenciais. Temas por onde começar a audição: “The Bug Collector” e “No Face” (checar acima).

7. “Insecure Men” - Insecure Men

Post-it: E se um dia Damon Albarn (Blur/Gorillaz) e Shaun Ryder (Happy Mondays/Black Grape) formassem uma banda? Pisariam, entre outros, este terreno airosamente descontraído e revitalizante.

Neste Verão podes saborear o disco enquanto… bebes um uísque esperto, fumas um “cigarro levitante” e perdes a noção de que tens de ir a um aniversário onde desconheces a maioria dos presentes. Temas por onde começar a audição: “I Don’t Wanna Dance With My Baby” (ver clip acima) e “Cliff Has Left The Building”.

8. “Microshift” – Hookworms

Post-it: Com esta rapaziada, tens que saltar e suar para acalmar o entusiasmo das axilas. Como se os The Rapture voltassem ao activo e trouxessem o frenesim de “I Need Your Love”. 2003 foi tão bom para ti como foi para eles?

Publicidade

Neste Verão podes saborear o disco quando… um amigo te pedir para aconselhares novidades musicais no capítulo alternativo. Temas por onde começar a audição: “Negative Space” (clicar na canção acima) e "Each Time We Pass”.

9. “O Último Tango em Mafamude” - David Bruno

Post-it: O mentor do Conjunto Corona afirmou, no programa É a Vida Alvim (Canal Q), que este registo é “uma ode à era das vacas gordas, aos anos 90, aos subsídios e aos empreiteiros”. Adimos: é também a cena kitsch - com gosto apurado - que andavas à procura desde Beats Vol. 1 - Amor (2002), de Sam The Kid. Tem tudo para te fazer sorrir (mesmo que nunca tivesses sido maroto lá para os lados da Monte da Virgem…).

Neste Verão podes saborear o disco quando… estiveres no Intercidades a tentar impressionar o mulherio com a tua barba de cinco dias. Temas por onde começar a audição: Melhor - podes ouvir o álbum e soltar uma ou outra gargalhada à conta de tesourinhos do imaginário “tuga”, incluídos também no vídeo promocional acima.

10. “Rare Birds” – Jonathan Wilson

Post-it: No balanço de 2017, o LP dos The War On Drugs, A Deeper Understanding, foi colocado no topo da VICE Portugal - posteriormente, o mesmo recebeu o Grammy para Melhor Álbum Rock. As canções de JW não matam completamente a ressaca pela falta de novidades de Adam Granduciel, mas são a “metadona” ideal para galopar a ansiedade do dia.

Neste Verão podes saborear o disco enquanto… exploras o turismo rural. Temas por onde começar a audição: “Over the Midnight (ver acima)” e “Sunset Blvd”.

Publicidade

11. “Songs of Praise” – Shame

Post-it: Em 2018, há vacas sagradas do rock milenar que atravessam dias menos inspirados (como Jack White e The Kills). Saúde-se, portanto, os novatos Shame que destilam garra (e humor) em cada pedaço do seu corpo. Depois dos Protomartyr o ano passado, o punk continua viçoso nas mãos do quinteto britânico.

Neste Verão podes saborear o disco enquanto… esperas que a Selecção jogue. Temas por onde começar a audição: “Dust On Trial” e “Concrete” (videoclipe acima).

OUTROS CINCO ÁLBUNS A TER EM CONTA: “Cusp” - Alela Diane; “Loss Memory” – Coma Cinema; “Músculo!” - Músculo; “Superorganism” – Superorganism; “Twin Fantasy” - Car Seat Headrest.

CANÇÃO (19). A América chocante de Glover, o tempo pedido por Courtney e os Capitão F que não desejam ser queixinhas

1. “60KF” – Iguana Garcia

Post-it: Este é um dos belos "postais" que vieram do ano transacto. Os históricos Heróis do Mar são, de certa maneira, chamados à liça com uma electrónica a convidar as ancas a abandonarem o sedentarismo. Encaixava impecavelmente na banda sonora da sérieMr. Robot (2015 -…). Álbum: Cabaret Aleatório (2017).

2. “Butterflies” – Kacey Musgraves

Post-it: Quando a pop e a country se apaixonam, é como a química vertiginosa entre actores que se conhecem na rodagem de um filme. Mais tarde, o cansaço normal de uma relação pode aparecer num simples estalar de dedos. É gozar ao máximo as “borboletas” da vida… Encaixava impecavelmente na banda sonora do filme… Happythankyoumoreplease (realizado por Josh Radnor; nos cinemas em 2010). Álbum: Golden Hour (2018).

Publicidade

3. “Deus Me Dê Grana” – Dead Combo

Post-it: Em conversa com o jornal Sol, o duo descreveu o novo trabalho como “o menos português” adicionando a ideia de que “os portugueses também estão menos portugueses”. Por nós, pedimos aos deuses que mantenham a sã convivência entre a portugalidade e o multiculturalismo; e que os DC continuem a dirigir exemplarmente o seu “hotel”. Encaixava impecavelmente na banda sonora da sérieLa Casa de Papel (2017-…). Álbum: Odeon Hotel (2018).

4. “Don´t Miss It” – James Blake

Post-it: Às vezes, temos a impressão que JB tem um irmão gémeo ou um clone. Nos últimos tempos, meteu-se em vários projectos (envolveu-se na banda sonora de Black Panther ou fez parceria com Andre 3000) e ainda vai assinando em nome próprio. Delicado e trabalhador, este cachopo. Encaixava impecavelmente no filmeOn Body and Soul (Ildikó Enyedi; 2017). Álbum: (Ainda não há informação nesse sentido).

5. “Duck Hunting” – Gundelach

Post-it: Nas horas vagas, enquanto mostrava os seus dotes como DJ, o norueguês Gundelach ia escrevendo letras e mais letras. Um dia resolveu pô-las em acção e, sem querer, tornou-se no “Bon Iver” nórdico – pelo menos neste tema. Encaixava impecavelmente na banda sonora da sérieHere and Now (2018-…). Álbum: Baltus (2018).

6. “Energ1” – Sevdaliza

Post-it: A electrónica minimalista de Sevdaliza é elegante, sedutora e misteriosa. Se, há uns anos, FKA Twigs deu um novo alento ao género, desta vez a cantora iraniana (a residir na Holanda) eleva a fasquia. Encaixava impecavelmente na banda sonora da sérieBlacklist (2013-…). EP: The Calling (2018).

Publicidade

7. “Grão Da Mesma Mó” – Sérgio Godinho

Post-it: Longa parecia tornar-se a espera. Sete anos é muito tempo para um dos melhores cantautores portugueses de sempre (o anterior LP, Mútuo Consentimento, data de 2011). Mas, valeu a pena. A audácia das novas mensagens dá o brilhozinho que os olhos e a mente precisavam. Encaixava impecavelmente na banda sonora do filme… As Mil e Uma Noites (Miguel Gomes; lançado em 2015). Álbum: Nação Valente (2018).

8. “Gravidade” - Linda Martini

Post-it: Não são um simples bunch of meninos e menina; têm genica para dar e vender; um ímpeto generoso de honestidade; são como uma bebida que rejuvenesce quando entra pelas goelas do rock. É a “puta da idade” no ponto rebuçado. Encaixava impecavelmente na banda sonora do filmeBaby Driver (Edgar Wright; 2017). Álbum: Linda Martini (2018).

9. “I Need A Little Time” - Courtney Barnett

Post-it: Pedir um tempo a alguém com quem se partilhou intimidade, é uma novela de incertezas. Aqui, na Argentina, ou na Austrália. Não é assim, "Ms. Sometimes I Sit and Think, and Sometimes I Just Sit?". Encaixava impecavelmente na banda sonora do filmeA Vida de Adèle (Abdellatif Kechiche; 2013). Álbum: Tell Me How You Really Feel (2018).

10. “Long Wave” – Bonny Doon

Post-it: E, no final, ouve-se incessantemente “You are who your supposed to be”. Nós assinamos por baixo, Bill Callahan deve dar a sua anuência e acreditamos que também vais aderir a esta faixa reconfortante. Encaixava impecavelmente na banda sonora da série… Girls (2012-2017). Álbum: Longwave (2018).

Publicidade

11. “Numb” - The Parkinsons

Post-it: No início deste mês, escreveu-se na VICE que o regresso dos The Parkinsons aos discos não era para “para velhos”. Se clicares em cima, vais ver que os conimbricenses continuam com a sensata jovialidade punk. A idade (e a atitude descurada) não passa por eles. Encaixava impecavelmente na banda sonora do filmeOn The Road (Walter Salles, 2012). Álbum: The Shape Of Nothing To Come (2018).

12. “Over Rainbows and Rainier” – Damien Jurado

Post-it: Melancolia sadia de quem anda nisto há mais de duas décadas. Folk com estórias de uma América fora dos centros mediáticos, onde moram poemas, pessoas e os pequenos nadas da espuma dos dias. Encaixava impecavelmente na banda sonora do filmeCaptain Fantastic (Matt Ross; 2016). Álbum: The Horizon Just Laughed (2018).

13. “Quiet, The Winter Harbor” – Mazzy Star

Post-it: Hope Sandoval é daquelas musas a quem se perdoa tudo. Mesmo quando a sua banda, que partilha com David Roback, demore 17 anos (!) a revelar que sentimentos percorrem as estradas doridas de um distante encanto - em 2013, Seasons of Your Day, marcou o regresso aos álbuns. Encaixava impecavelmente na banda sonora do filmeBefore Sunset (Richard Linklater; 2004). EP: Still (2018).

14. “Sempre Bem” – Capitão Fausto

Post-it: Ao contrário de outros moços de Alvalade, os Capitão Fausto estão bem e a sua ida ao Brasil deu um interessante primeiro fruto. A introdução ao quarto longa-duração, prova que dificilmente haverá queixas de quem admire o anterior repertório. Encaixava impecavelmente na banda sonora do filmeQue Horas Ela Volta? (Anna Muylaert; 2015). Álbum: A Invenção do Dia Claro (previsto para o último trimestre de 2018).

Publicidade

15. “Spells” - Jenny Hval

Post-it: Pelo facto de cantar sobre assuntos intrigantes; de apresentar vídeos bizarros; de ser uma artista onde o inesperado é normal; esta Jenny devia morar no nosso bloco. Encaixava impecavelmente na banda sonora da sérieGypsy (2017). EP: The Long Sleep (2018).

16. “The Riders” - The Turbans

Post-it: É um “Mundial de Futebol” dentro de uma banda. Com elementos oriundos de diversos países (Espanha, Irão, Turquia, Israel, Inglaterra, Bulgária e Grécia), não há como não embarcar nesta jornada que dá ênfase à festarola cigana, klezmer e balcã! Encaixava impecavelmente na banda sonora do filmeBlack Cat, White Cat (Emir Kusturika; 1998). Álbum: The Turbans (2018).

17. “This is America” - Childish Gambino

Post-it: Depois deste fantástico tema e de um teledisco arrasador (no que representam os EUA hoje em dia), Kendrick Lamar e Tyler The Creator podem na boa “levar o micro-ondas” para casa e discutir quem é o dono do trono rap. Donald Glover partiu a loiça toda em pouco mais de quatro minutos! Encaixava impecavelmente na banda sonora do filme… A Cidade De Deus (Fernando Meirelles; 2002). Álbum: (Ainda não existe informação disponível).

18. “Took You Up” - Courtney Marie Andrews

Post-it: Quase a fechar esta lista, do alto dos seus 27 anos, CMA e o seu slow folk country arranca com a pergunta: “Is it the journey or the destination?”. A resposta fica a cargo de cada indivíduo. Encaixava impecavelmente na banda sonora do filmeThe Notebook (Nick Cassavettes; 2004). Álbum: May Your Kindness Remain (2018).

19. “Utopia” – Lykke Li

Post-it: O recente tema da sueca é formoso e homenageia o papel insubstituível da mãe. São afagos, senhor, são afagos. Encaixava impecavelmente na banda sonora do filme… L’Enfant (Luc & Jean Pierre Dardenne; 2005). Álbum: so sad so sexy (edição a 8 de Junho).

MAIS CATORZE TEMAS QUE JÁ MERECERAM DESTAQUE NA VICE – “Bless Your Heart”- Serpenwithfeet; “End of Time” - Boys; “Follow Me” – The Shacks; “Freefalling”- Hollie Cook; “Leva-me a Dançar” - Joana Espadinha; “Mystery of Love” - Sufjan Stevens; “Na Espera” – Ângela Polícia; “Night Shift” – Lucy Dacus; “Remocei” - Cavalheiro; “Soul No.5” – Caroline Rose; “The Other” - King Tuff; “Tir Har Mor” – Gwenno; “What’s Chasing You” - Marlon Williams; “You’re So Cool” – Jonathan Bree.

[Nota do Editor: Isto é tudo muito bonito, mas a melhor canção do ano é ESTA e as outras 14 que a acompanham]


Segue a VICE Portugal no Facebook, no Twitter e no Instagram.

Vê mais vídeos, documentários e reportagens em VICE VÍDEO.