Harvey Weinstein foi estapeado num restaurante nos EUA

Um cara acertou o figurão assediador de Hollywood enquanto um amigo filmava a ação.
Drew Schwartz
Brooklyn, US
MS
Traduzido por Marina Schnoor
11.1.18
Foto por LOIC VENANCE/AFP/Getty Images.

Nota originalmente publicada na VICE EUA.

Um cliente de um restaurante no Arizona estapeou Harvey Weinstein e o chamou de “seu merda” na última terça-feira (9) enquanto um amigo filmava o incidente, como informou o TMZ.

Weinstein, que supostamente está fazendo terapia no estado norte-americano, estava jantando num restaurante chique de Scottsdale com seu treinador de sobriedade na terça quando foi reconhecido. Segundo o TMZ, um cliente chamado Steve chegou no figurão enquanto ele jantava, dizendo que adorava seus filmes e teria pedido uma foto — pedido recusado por Weinstein. Os dois apertaram as mãos e Steve voltou para sua mesa, mas quando Weinstein se levantou para sair, o homem o parou.

Publicidade

Steve – que disse ao TMZ que tinha “tomado umas” – pediu que o amigo filmasse enquanto ele marchava em direção a Weinstein. Na filmagem feita com celular, o cara diz a Weinstein “some daqui”, o chama de “seu merda” e dá dois tapas com as costas da mão na cara dele.

Weinstein saiu do restaurante e se recusou a dar queixa do incidente para a polícia, mas um porta-voz do Departamento de Polícia de Paradise Valley disse ao Hollywood Reporter que eles estavam cientes do ocorrido. Se Weinstein decidir dar queixa, a polícia pode enquadrar Steve por lesão corporal. Na quarta-feira (10), um porta-voz de Weinstein confirmou a história do TMZ para o Hollywood Reporter, dizendo que a narrativa do tabloide “estava correta”.

A polícia de pelo menos três cidades está investigando Weinstein depois que mais de 80 mulheres o acusaram de assédio sexual, abuso e estupro. O LAPD recentemente mandou dois casos de crimes sexuais para a promotoria de Los Angeles revisar.

Siga o Drew Schwartz no Twitter.

Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter e Instagram .