FYI.

This story is over 5 years old.

O Audiogroove Festival Quer Dar Espaço pra Rapaziada Nova no Hip-Hop

Com shows de grandes nomes do hip-hop nacional como Tássia Reis, Thaíde e Edi Rock, a final da disputa rola nesta quinta (26) no Audio Club, em São Paulo.

Todas as fotos de Guilherme Santana

Nesta quinta-feira (26) rola o AudioGroove Festival, no Audio Club, em São Paulo, com shows da Tássia Reis, Thaíde, Rashid, Ndee Naldinho, Dexter e Edi Rock. Mas, além desse line-up bonito, a ideia é apresentar novos nomes: o evento ainda contará com a final do concurso de novos talentos do hip-hop, que será entre os grupos Suspeito UmDois e The StreetJJ (DoubleJay).

Publicidade

"O Audiogroove é mais uma plataforma para essa rapaziada nova dentro do rap que quer divulgar seu som", explicou Gustavo Ribeiro, organizador do festival. Idealizado em 2008, a primeira edição do festival só saiu do "forno" em 2015, quando o Spotify abraçou a ideia.

Gustavo Ribeiro

Com mais de 200 inscrições de várias parte do Brasil, o festival foi dividido em três fases. Na primeira, os jurados selecionaram 20 participantes, que foram levados a júri popular na internet. "A parte da votação popular é bem engajadora e inovadora", disse Gustavo. Os cinco mais votados participaram de uma semi-final, na qual apenas dois foram escolhidos para a final desta quinta.

Junto com o Dexter, Max B.O, DJ Marco e o DJ Fábio Rogério, o rapper Kamau é um dos jurados do festival e explicou que, além da musicalidade, eles também avaliaram a postura e atitude dos caras no palco. "É uma responsabilidade muito grande ter que decidir quem vai ser o vencedor porque, além de avaliar a arte de cada integrante, estamos lidando também com o sonho de cada um. E é muito difícil falar que o sonho de um é mais importante que o do outro."

Além de atração da final, Thaíde é mestre de cerimônia do Audiogroove. "Depois de 30 anos de carreira, ainda acho muito importante ter um festival de rap no Brasil de 2015, porque esse gênero fala de uma maneira muito direta dos nossos problemas".

The Street JJ (Double Jay)

Um dos finalistas, o grupo The Street JJ (Double Jay), é do Capão Redondo, Zona Sul de São Paulo, e foi formado em 2014. "Quando ficamos sabendo do festival, não pensamos duas vezes. Independente de ganharmos ou não, é a nossa chance de mostrarmos o nosso som", disse o MC Mano Judão, que, junto com o MC Jow, LD e a Yomin, integra a banda. Eles conseguiram uma das vagas na final com uma música sobre cabelo afro e movimento Black Power. "Queria exaltar a minha cor e a minha raça. Sempre falaram que o meu cabelo era feio e que as pessoas não iam me aceitar assim. A gente precisava quebrar esse paradigma".

Publicidade

Suspeito UmDois

Já o Suspeito UmDois é da cidade de Correntina, na Bahia, e foi formado em 2003. Com uma música que cita o clássico meme do "você é burro, cara", do Caetano Veloso, o grupo canta sobre a situação do nordestino no Sudeste. "A gente achou que essa seria a melhor resposta para o preconceito que sofremos por sermos baianos em São Paulo", explicou o rapper Binho SUD.

E o Noisey colou na semi-final do festival, que rolou em outubro no Grazie A Dio. Além dos dois finalistas, concorreram também os grupos Zoioo MC, Almas Errantes e o cantor Kabattista.

Thaíde e os semi-finalistas

Zoioo MC

Kamau

Almas Errantes

Thaíde

Os jurados Kamau, Max B.O, Dexter e DJ Marco

Kabattista

AudioGroove Festival
Quinta-feira, 26/11 - 22h
Audio Club - Av. Francisco Matarazzo, 694
R$ 40,00