FYI.

This story is over 5 years old.

Mais Quinze Discos que São Exatamente Iguais a Outros Quinze Discos

A imitação, em tese, é a maior forma de elogio, mas às vezes é pura e simplesmente um plágio.

A imitação, em tese, é a maior forma de elogio, mas às vezes é pura e simplesmente um plágio. Alguns meses atrás, montei essa listinha de capas de discos que são quase exatamente iguais a outros álbuns mais antigos. Tributo, coincidência ou paródia, não paro de encontrar mais exemplos, então aí vai outro lote. Roubo ou reverência? Você decide.

1. Francoise Hardy - Francoise (1966) / David Crosby - If I Could Only Remember My Name (1971)
Ora essa, David. A Françoise não só lembrava do próprio nome quando teve essa ideia cinco anos antes, como inclusive foi ao ponto de colocá-lo como título do álbum dela:

Publicidade

2. The Smiths - This Charming Man single (1983) / Cyndi Lauper - True Colors single (1986)
Ah, a vida é tão devastadora. Pelo menos o Morrissey e a Cyndi Lauper sabem que você pode encontrar consolo no seu próprio reflexo quando a dor te joga de cara numa poça d’água.

3. Byrds - Mr. Tambourine Man (1965) / The Rolling Stones - Big Hits [High Tide and Green Grass] UK pressing (1966)
Dizem que, se você não lembra dos anos 60 através de uma lente olho de peixe, você não esteve lá:

4. Loverboy - Get Lucky (1981) / Eagles of Death Metal - Death By Sexy… (2006)
Como se já não houvesse capas de discos de sobra com foco em bundas, aqui estão dois bumbuns de semelhança impressionante:

5. Tango - S/T (1973) / Franz Ferdinand - You Could Have it So Much Better (2005)
Quando você pega emprestados elementos da arte construtivista russa, prepare-se para encontrar semelhanças… mesmo que demore mais ou menos uns trinta anos:

6. Grand Funk Railroad - S/T (1969) / Mooney Suzuki - Electric Sweat (2002)
Finalmente essas duas bandas têm alguma coisa em comum além de nomes igualmente incríveis:

7. Mayhem - Live in Leipzig (1993) / Darkthrone - Transilvanian Hunger (1994)
Muita coisa da cena do black metal tem elementos parecidos, mas a semelhança entre esses dois discos é enigmática. Há quem diga que tem uma história por trás do paralelismo da arte da capa, mas quem sabe? Todos esses caras do BM são malucos incendiários de igrejas:

Publicidade

8. The Clash - (White Man) In Hammersmith Palais 45 (1978) / Ride - Tarantula (1996)
Os shoegazers britânicos do Ride tiveram uma ideia bem parecida com o design clássico da capa desse famoso single do Clash:

9. Pussycats - S/T (1967) / Slint - Spiderland (1991)
Não importa se você é um mod norueguês ou um pós-punk de Kentucky. Banda que nada unida permanece unida:

10. Wes Montgomery - California Dreaming (1966) / Anne Murray - This Way is My Way (1969)
Desculpa, Anne. Coincidência ou não, esse jeito já era o jeito do Wes Montgomery três anos antes de você tentar reivindicá-lo.

11. Lionel Hampton - Air Mail Special (1953) / Pointed Sticks - My Japanese Fan 7"(2007)
Pelo menos o Pointed Sticks foi modesto. O Hampton com certeza tem mais de um fã japonês:

12. Talking Heads - Little Creatures (1985) / Adam Again - In a New World of Time (1986)
A arte de Howard Finster era inspirada por Deus, assim como a música da Adam Again. Faz sentido que esses discos (lançados com apenas um ano de diferença) tenham uma temática parecida, mas eu adoraria ouvir as opiniões sinceras dos caras do Talking Heads. Meio que um grande plágio:

13. Led Zeppelin - In Through the Out Door (1979) / Pantera - Cowboys From Hell (1990)
Aparentemente, tanto o Zeppelin quanto o Pantera queriam ir para um lugar onde todo mundo sabe o nome deles… em sépia:

14. Hank Mobley - The Turnaround! (1963) / Beatnuts - The Intoxicated Demons EP(1993)
Não só o Beatnuts pegou emprestado o design gráfico incrível desse clássico do jazz do começo dos anos 60, mas inclusive adotou uma versão modificada da flecha de meia-volta de "Turnaround!" como seu logo permanente:

15. Back From the Grave Vol. 1 (1983) / Jon Spencer Blues Explosion - Jukebox Explosion (1997)
Jon Spencer e sua Explosion fazem homenagem ao primeiro volume da infame série de compilações de garagem da Crypt Records.