FYI.

This story is over 5 years old.

O 'Sabbath Metal' está bem representado no segundo trampo do Pesta

Sacuda a cabelêra com o streaming de 'Bring Out Your Dead'.
20.1.16

Bring Out Your Dead é o segundo trampo do Pesta. Mais um lançamento exclusivo do Noisey, chega em streaming nas plataformas digitais — Spotify, Deezer, Bandcamp — exatamente um ano após o EP Here She Comes. O grupo, atualmente formado por Anderson Vaca (baixo), Thiago Cruz (vocal), Daniel Rocha guitarra), Marcos Resende (guitarra) e Flávio Freitas (bateria), produz um doom/stoner cheio de pegada, com destaque para as criativas melodias de voz e os riffs ganchudos. As influências vão de Cathedral a Kyuss, passando por Pentagram, Trouble, Down e Sleep, mas a tônica que reverbera forte mesmo é o Black Sabbath. O resto entra como tempero, e faz diferença.

Publicidade

Egressos de Belo Horizonte, os músicos, que já têm um bom tempo de estrada no cenário local, passaram por bandas cover e tocam em outros projetos, como Vol. 4, Possuídos, Junkie Dogs e Mentol. Assim como o primeiro EP, este contou com gravação do André Cabelo, guitarrista do lendário Chakal. "O processo de gravação foi muito tranquilo", conta Marcos Resende. "Assim como fizemos no primeiro EP, arriscamos novamente uma técnica old school, gravando tudo ao vivo por sugestão do próprio André Cabelo. A ideia era captar o som orgânico, amplificadores microfonados, o feeling da banda junta. Nada contra usar um simulador digital, mas não era nossa ideia. Logicamente nesse processo ao vivo fizemos tudo em canais separados, mas o que você ouve no disco foi tudo gravado no mesmo dia. Entramos no estudio umas 14h e saímos de lá às 21h com o material pronto pra mixagem e masterização", conta.

Com o stoner ganhando força por lá e festivais como Exhale the Sound, Metal Punk Overkill, Rock no Deserto e Stoner Party, o futuro é animador para os caras do Pesta. "Além de boas bandas e festivais fantásticos que estão rolando, o pessoal daqui está conseguindo gravar em alto nível graças à qualidade dos nossos estúdios, e, em geral, a galera se vira bem", diz Resende, que assumiu recentemente a segunda guitarra, em junho de 2015. A adição de mais cordas, de fato, supriu uma lacuna e enriqueceu o estilo de som do quinteto. Já o parentesco com o Black Sabbath, também desemboca nas letras, cuja temática retrata acontecimentos históricos em que a maldade humana imperou. "Pessoas corrompidas, sociopatas e psicopatas que se tornaram escravos de seus mais obscuros desejos", pontua o guitarrista. Vixe!

O Pesta está nas redes Facebook | Bandcamp

Siga o Noisey nas redes Facebook | Soundcloud | Twitter