Noisey

Kendrick Lamar e SZA são processados pelo clipe de "All the Stars"

A artista britânica Lina Iris Viktor formalizou suas acusações de plágio, emitindo um processo de violação de direitos autorais.
Lauren O'Neill
London, GB
Amanda Cavalcanti
Traduzido por Amanda Cavalcanti
21.2.18

Depois de mandar uma carta à gravadora de Kendrick Lamar, Top Dawg Entertainment, citando uma violação "intencional" e "atrevida" de seus direitos, a artista britânica-libanesa Lina Iris Viktor, que diz que o clipe de Kendrick e SZA para "All the Stars" (da trilha sonora de Pantera Negra) usa sua obra de arte, entrou com uma ação judicial.

De acordo com o TMZ, o processo de violação de direitos autorais de Viktor nota que o clipe copia partes de seu trabalho que ela e seus advogados chamam de "elementos específicos protegidos por direitos autorais". Isso inclui "motivos estilizados de animais míticos, formas geométricas douradas em um fundo preto e áreas e padrões com textura distinta".

Publicidade

Sua reivindicação é um pouco respaldada pelo fato de que os chefões de Pantera Negra solicitaram o uso de suas obras de arte para o filme em duas ocasiões, uma vez em 2016, e uma vez em 2017. Ao examinar suas ofertas, Viktor declinou, e sua arte não foi usada no filme. No entanto, ela alega que algo que se parece fortemente com seu trabalho surgiu no clipe de "All the Stars", e enquanto a arte no vídeo não é uma cópia direta do trabalho de Viktor (especificamente a série "Constellations"), é possível dizer que elas definitivamente compartilham semelhanças em termos de cor e padrão.

Print via YouTube

Com sua reivindicação, o TMZ informa que a Viktor está perseguindo uma injunção contra Kendrick Lamar, TDE e SZA usando sua arte para promover a trilha sonora da Pantera Negra. Quando foi contactada pelo New York Times na semana passada, ela notou uma questão ética adicional com o que ela afirma ter acontecido:

É uma questão ética, porque o filme todo trabalha com a ideia de empoderamento negro, excelência africana — esse é todo o conceito da história. E ao mesmo tempo eles estão roubando de artistas africanos.

Se o processo de Viktor será bem sucedido (ou se ele será resolvido fora do tribunal) ainda é um mistério. Recentemente, perguntamos a um advogado sobre essa questão realmente bastante complexa. Antes que o processo fosse emitido, Eamon Chawke, um advogado especialista em propriedade intelectual, nos disse:

A principal questão será se as pessoas que trabalharam em Pantera Negra reconhecem a cópia ou não – se eles não pensam que é uma cópia servil ou argumentam que eles tomaram uma ideia não um trabalho, e que ideias não estão protegidas por direitos autorais, então teremos que aguardar a resposta.

Agora que o processo foi emitido, isso pode não ser uma opção, embora devido às ramificações éticas que Viktor citou, isso pode estar prestes a ficar muito complicado.

Leia mais no Noisey, o canal de música da VICE.
Siga o Noisey no Facebook e Twitter.
Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter e Instagram.