VICE News

Mais de 200 mortos depois do terremoto na Cidade do México

Socorristas e voluntários estão buscando freneticamente por sobreviventes depois que um terremoto sacudiu a Cidade do México na tarde de terça-feira.
20.9.17
Foto: Associated Press

Esta matéria foi originalmente publicada em VICE News.

Pelo menos 217 pessoas morreram no tremor, o mais mortal a atingir a cidade em 30 anos. É esperado que o número de mortos suba enquanto serviços de emergência vasculham os escombros para localizar vítimas.

O terremoto de magnitude 7,1 destruiu dezenas de prédios na cidade. As equipes de resgate vêm pedindo silêncio nas ruas para poder ouvir os gritos das pessoas presas sobre os escombros.

Publicidade

"Esse terremoto e um teste muito duro e doloroso para nosso país", disse o presidente Enrique Peña Nieto na noite de terça. "Vamos continuar unidos, enfrentando esse novo desafio juntos", ele acrescentou.

"Vídeo captura um prédio explodindo depois que um terremoto de 7,1 atingiu a Cidade do México. Por favor, orem pelo México."

Análises do terremoto pelo U.S. Geological Survey estimam que cerca de 1 mil pessoas podem ter morrido, enquanto o impacto econômico pode ser de até $10 bilhões.

"Deus abençoe as pessoas do México. Estamos com vocês e estaremos aí com vocês."

O que você precisa saber:

- O coordenador nacional de proteção civil do México, Luis Felipe Puente, confirmou a escalada do número de mortos, com 86 na Cidade do México, 71 em Morelos e 43 em Puebla.

- O número de mortes inicialmente estava em 248, mas foi revisado para menos na manhã de quarta-feira.

- Mais de 200 escolas foram impactadas pelo tremor, incluindo a Escola Enrique Rebsámen da Cidade do México, onde pelo menos 20 alunos morreram com 2 professores quando o prédio desabou. Cerca de 300 alunos continuam desaparecidos.

- Quinze pessoas morreram numa igreja localizada na costa de um vulcão que desmoronou durante a missa. O epicentro do terremoto foi na cidade de San Juan Raboso, a 120 quilômetros da Cidade do México. O tremor foi registrado às 13h14 (horário local) na terça.

- Foram registrados 11 tremores secundários, o mais forte de magnitude 4. Mais de 500 membros do exército mexicano estão ajudando na busca por sobreviventes. O prefeito da Cidade do México, Miguel Angel Mancera, disse que 44 prédios desabaram, incluindo uma fábrica, um supermercado e uma torre de seis andares.

- O terremoto de terça aconteceu exatamente 32 anos depois de um dos tremores mais mortais do país. Em 1985, um terremoto de magnitude 8 devastou a Cidade do México, matando 5 mil pessoas.

- Duas semanas atrás, um terremoto de magnitude 8,1 matou pelo menos 98 pessoas quando atingiu a costa mexicana do Pacífico.

"Filmagem de drone da destruição no México."