Tecnologia

É muito constrangedor achar bonito qualquer um desses rostos criados por IA

Este site te dá um novo rosto gerado por inteligência artificial toda vez que você atualiza a página.
Madalena Maltez
Traduzido por Madalena Maltez
MS
Traduzido por Marina Schnoor
18.2.19
faces
Screenshots: thispersondoesnotexist.com.

Não só as inteligências artificiais (IAs) podem criar vídeos realistas de pessoas fazendo e dizendo coisas que nunca disseram ou fizeram na vida real: elas também podem gerar rostos humanos convincentes que nunca existiram.

Fazer isso exige hardware muito caro e poderoso, mas agora surgiu um site que superou essas exigências; gerar um novo rosto é tão fácil quanto atualizar seu navegador com o muito apropriadamente batizado thispersondoesnotexist.com. Toda vez que você carrega a página, um algoritmo gera um novo rosto humano do nada.

Publicidade

O site usa uma implementação de aprendizado de máquina conhecido como Generative Adversarial Networks, ou GANs. Esses programas “aprendem” com um grande número de entradas de treinamento – digamos, rostos humanos reais – para produzir novos exemplos. Thispersondoesnotexist.com usa código anteriormente liberado pelos pesquisadores da Nvidia no GitHub.

“A maioria das pessoas não entende quão boas as AIs serão em sintetizar imagens no futuro”, me disse o criador do site e desenvolvedor de software Philip Wang por e-mail.

As GANs foram apresentadas em 2014 pelo cientista da computação Ian Goodfellow e alguns colegas. Desde então elas se tornaram ainda mais capazes e agora podem gerar imagens altamente realistas com uma resolução chocantemente alta.

Esses programas já foram usados para gerar vídeos de pessoas dançando e transformar cenários de verão em cenários de inverno. Mas mais perturbador, sua disponibilidade também levou a criação de vídeos pornô falsos conhecidos como “deepfakes”.

O site de Wang roda num servidor alugado com um poderoso GPU com o software da Nvidia. “Coloquei o programa para gerar rostos aleatórios a cada dois segundos e mostrá-los para o mundo de forma escalável”, me disse Wang. “Nada muito difícil.”

Claramente, GANs são um negócio muito versátil, mas Wang disse que quer continuar com o rostos. “Rostos são a parte mais saliente do nosso reconhecimento, então decidi colocar esse modelo pré-treinado específico no ar”, ele disse no Facebook.

Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.