FYI.

This story is over 5 years old.

Mauro Telefunksoul na Pegada Louca do Bahia Bass

Assista ao vídeo da entrevista que fizemos com o DJ e produtor baiano em sua visita ao Factory. Embaixador do bahia bass, o cara importou o suingue do axé para eletrônica.

Mestre em mesclar sonoridades regionais da Bahia com black music, electro house e miami bass, Mauro Telefunksoul, integrante dos coletivos Pragatecno e Crokant, colou no Skol Beats Factory para trocar uma ideia com a galera sobre como nasceu o gênero que ele mesmo criou. Na sequência ao bate-papo, o DJ e produtor baiano mandou uma sonzeira provando por que o bahia bass tem uma cadência tão irresistível e contagiante.

Publicidade

Mauro começou se aventurando no miami bass no início dos anos 1990 e, aos poucos, foi agregando ritmos locais para dar uma personalidade tupi ao ritmo. Samba de roda, samba reggae, reggae, dub, afoxé e mais uma pá de coisas loucas dão corpo à mistura. É claro que nós não marcaríamos touca em deixar passar em branco a visita do experiente DJ e produtor pelo espaço. Enquadramos o cara e gravamos esta entrevista em vídeo, em que ele fala sobre o começo da carreira, influências, e destrincha o batidão baiano que ajudou a talhar.

Telefunksoul nas redes:
facebook.com/djMAUROTELEFUNKSOUL
soundcloud.com/djmaurotelefunksoul
twitter.com/telefunksoul