FYI.

This story is over 5 years old.

Abra o Sexto Olho para Ouvir o Digital Noise Futurista do Norte-Americano David Jio

O primeiro lançamento internacional da Fluxxx é um ambient bass repleto de papos esotéricos e desgraceiras pop industriais sob a alcunha de Gödel's Knot.

Finalmente achado o talento da família Kardashian: inspirar artistas. Kimka deixa Kanye West felizão e as socialiates (you too, Caitlyn!) fazem David Jio, um produtor musical do estado do Novo México nos EUA, pensar sobre o mundo sujo, raso e artificial em que vivemos.

O norte-americano, que faz uma mistura de industrial e noise para o álbum Telling Time What to Do, jura nunca ter ouvido falar em Marilyn Manson, Trent Reznor, Klaus Nomi e nem Brian Eno. "Quanto ao meu processo criativo, minha música eletrônica é formada por hiperstição, as Kardashians, ideais aceleracionistas, Escala de Kardashev, materialismo libidinal, fibra óptica, antipoesia, facas fractais, realismo especulativo e criptografia", elencou de um modo ritmado que lembra o beatnik William Burroughs numa mistura com Tom Zé.

Publicidade

O EP com nove faixas é disponibilizado de graça pelo selo paulistano Fluxxx. Lucas Dimitri, o chefão da parada, que conheceu o artista no começo deste ano por ter o recife-berlinense QRG como amigo em comum.

Telling Time What to Do, cuja capa é a sombria pintura "A Morte de Sócrates" do francês Jacques-Louis David, contém trechos que remetem à tortura, eletrochoques, choramingos e risadas macabras de crianças. "Eu acho que esses sons são perfeitos para clubs", retrucou o produtor, que usou instrumentos ou captou sons especialmente para o trabalho. "Tento me manter longe do som sintetizado. Prefiro transformar o barulho de uma pequena gota d'água em um som de um acelerador de partículas em implosão."

"Todo o meu trabalho é composto de forma a colocar essas ideias diretamente no sexto olho de cada um, com sorte fechando os chacras de forma permanente, sabe?", "explicou" sobre os propósitos espirituais do álbum. Este sexto olho, caso você ache que não tem um, fica na sua mão esquerda.

Essa maluquisse é o primeiro trampo artistico de Jio, que informou ter "três anos e meio de idade" e ter sido criado por "espécies híbridas dotadas de uma mega inteligência" . O projeto também tem um nome especial, Gödel's Knot, em referência a um matemático austríaco Kurt Gödel, cheio de teorias sobre axiomas e essas coisas que a gente esquece das aulas de matemática.

A premiere do disco do norte-americano talvez tenha que sofrer leves alterações para que seja factível na vida real. "Estou pensando em realizar esse lançamento ao vivo com uma performance de arte sobre um altar feito de gelatina e iPads quebrados, de preferência colocado dentro da Basílica de São Pedro. Eu conheço uma pessoa não-binária que sabe muito de kawaii-BDSM (um sadomasoquismo fofo envolvendo bichinhos japoneses) e devo com certeza colocá-la para coreografar isto", profanou.

Ouça "Spirals", a nona faixa do disco:

O David Jio está no Facebook // Soundcloud

Siga o THUMP nas redes Facebook // Twitter