Chegou a hora das mulheres no sertanejo universitário
Arte: Pedro Nekoi/VICE Brasil

FYI.

This story is over 5 years old.

Chegou a hora das mulheres no sertanejo universitário

Naiara Azevedo, Maiara & Maraisa e Marília Mendonça cantam modas com fortes protagonistas femininas e de um ano para cá estão unidas no topo das paradas do gênero mais ouvido do país.

Se liga nessa situação desagradável: a mina colou em um motel e encontrou o marido mexendo o doce com outra mulher. Foi um trupé — ela quis dar umas pancadas, primeiro na amante, depois no safado do seu cônjuge, pois, não bastasse a humilhação do flagrante da traição, era justamente o mesmo motel em que ele havia lhe feito juras de amor durante a lua de mel do casal. Já pensou?

Mas ela resistiu e não desceu das tamancas. Pelo contrário, esnobou geral. Disse que não era para eles sequer vestirem a roupa, pois não queria atrapalhar a noite de prazer dos dois. E foi além, quis ajudar a "dama" que estava com o maluco: tratou de tirar R$ 50 e jogar na cama em cima deles.

Publicidade

É bem provável que a essa altura da narrativa o leitor já saiba que os dois primeiros parágrafos não fazem parte de nenhuma história triste envolvendo alguma conhecida minha. Mas, se ainda não reconheceu essa trama, certamente não tem ouvido rádio, assistido à televisão e, nas ruas, deve estar sempre com aquele fone de ouvido do Neymar na orelha.

A música "50 Reais", da cantora do estilo sertanejo universitário Naiara Azevedo, foi a mais ouvida no Brasil no mês de setembro (em outubro, ocupou a terceira posição, sendo a primeira colocada, Marília Mendonça, com "Eu sei de cor"), de acordo com o monitoramento da Spybat Sound Tracker, que afirma avaliar 95% das emissoras do país. No YouTube, o vídeo do flagrante no quarto do motel já está na casa dos 159 milhões de visualizações.

Aliás, o mesmo ranking traz outra informação relevante: das dez músicas mais executadas em outubro, nove são do estilo sertanejo. Desses nove artistas, quatro são mulheres.

O fenômeno é nacional e se apresenta, com maior intensidade, há mais ou menos um ano. Mulheres como Naiara Azevedo, Maiara & Maraisa, Marília Mendonça, Simone & Simaria, Bruna Viola, entre outras, têm ocupado espaços em programas de TV e encabeçado casas sertanejas, festas regionais, feiras agropecuárias e rodeios por todo Brasil.

Leia o restante da matéria na VICE.