Motherboard

Um filme soviético de 1977 previu nosso apocalipse robótico

‘Polygon’ foi banido por subversão.
23.3.17

Há quarenta anos, a União Soviética produziu uma animação inovadora que antecipou muitos dos debates que os militares, cientistas e autoridades estão tendo hoje.

Polygon começa em uma remota ilha no oceano, onde militares finalizam os preparativos do que parece ser um campo de tiro. Eles derrubam palmeiras, nivelam a areia, expulsam os nativos.

Um homem alto, barbado e coberto de branco aprova a construção da equipe. Esta, por sua vez, lhe diz que a ilha mais próxima está a cinco quilômetros de distância e longe de quaisquer vias aéreas.

A próxima imagem mostra o homem de branco próximo a um tanque. Assim que ele encosta na carapaça do veículo, vemos um flashback: uma versão mais jovem do personagem vê o filho correndo em sua direção e depois sai da casa da família.

Ele pega o garoto e o atira ao ar em tom de brincadeira. Em meio a tudo, o menino se transforma em um soldado paraquedista de arma em punho. Tiros destroem o paraquedas. Voltamos ao presente, na ilha. "Amanhã o comitê chega", diz, em tom sinistro.

Leia o resto da reportagem em Motherboard.