Noticias

Miss Brasil 2017 sofre ataque racista nas redes

Monalysa Alcântara é a terceira negra a receber a faixa em 63 anos do concurso.
21.8.17
Foto: Twitter. 

Na noite do último domingo (20), a modelo e estudante Monalysa Alcântara foi coroada Miss Brasil 2017. A representante piauiense é a terceira mulher negra a receber o título principal nos 63 anos do concurso.

Desde o anúncio da vitória, no entanto, a jovem de 18 anos vem sendo atacada nos perfis do concurso nas redes sociais. As ofensas dirigidas à Monalysa são racistas e preconceituosas.

Segundo o tribunal da internet, Monalysa, revelada por ter a 'representação da brasilidade', não representa as mulheres do país, a exemplo da vice-eleita que é representante do estado do Rio Grande do Sul. Negros, segundo o IBGE, correspondem a 54% da população brasileira.

Até a publicação dessa nota, Miss Brasil e a organização do concurso não se pronunciaram sobre os ataques.

Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter e Instagram.