VICE LAB

Conhece o guardião da última máquina de animação gráfica analógica do Mundo

A Scanimate de David Sieg foi utilizada na produção de animação para a televisão norte-americana nos anos 70 e 80.

Vê mais vídeos, documentários e reportagens em VICE VÍDEO.

Os últimos 20 anos da vida de David Sieg foram passados a preservar a única máquina Scanimate ainda em funcionamento em todo o Mundo. O aparelho analógico de animação gráfica, desenvolvido pela, Computer Image Corporation, era incontornável na produção de a nimação para televisão e cinema durante as décadas de 1970 e 1980.

Neste vídeo do nosso canal de televisão VICELAND, visitamos Sieg em Fletcher, Carolina do Norte., Estados Unidos da América, onde o engenheiro mantém um estúdio completamente operacional, em que apenas utiliza equipamento vintage. É aí que nos mostra como funciona a Scanimate.

"A primeira coisa que a Scanimate fez e que ninguém conseguia fazer antes, foi mover palavras facilmente. Foi aí que começou realmente a animação gráfica", explica David Sieg. Durante uma década, entre 1975 e 1985, a animação em movimento na televisão era ou filmada frame a fra,e, ou feita através de uma Scanimate. Apenas 10 aparelhos foram construídos. "Tem um visual muito distinto, que não se consegue replicar", salienta Sieg. E acrescenta: "É mais ou menos o equivalente visual de um sintetizador moog".

Trabalhar com uma máquina Scanimate é algo físico, uma experiência tangível. Para manipular a imagem no ecrã, é preciso ligar um monte de cabos, ajustar e carregar em botões e discar números. O aparelho é enorme e ocupa praticamente uma parede inteira.

Quando a maioria das televisões e estúdios de filmagens mudou para sistemas digitais de alta-definição nos finais dos anos 80, as máquinas Scanimate e outros equipamentos analógicos foram simplesmente descartados. "Vivemos numa sociedade com uma cultura de deitar fora, mas este tipo de coisas foi feito para ser arranjado", sublinha o engenheiro.

Segue a VICE Portugal no Facebook, no Twitter e no Instagram.