Vice Blog

Uma manhã no concurso de Cosplay da Expomanga

Maquilhagens de zombis, perucas oxigenadas, armas estranhas e, principalmente, disfarces. Vale tudo (ou quase tudo) no concurso de Cosplay dedicado ao manga e ao anime na Expomanga, em Madrid.

Por Felipe Hernández; Texto de Fernando Bernal
14 Maio 2015, 12:32pm

Quando visitamos pela primeira vez um espaço dedicado à banda desenhada e às séries de animação que vêm do Japão, experienciamos sensações completamente novas. E a primeira coisa que nos vêm à cabeça é perguntarmo-nos "Por que raio não vim aqui antes?". E pensamos: o que é que estão a fazer todos estes adolescentes (e adultos) aqui concentrados, a uma segunda-feira, disfarçados como os seus personagens favoritos na Expomanga? Como serão as suas vidas, o seu dia-a-dia? Estarão de folga ou puseram baixa? Ou vão estar duas semanas a recordar este evento?

Há os concursos de Karaoke, em que ninguém inventa as letras. E mesmo que tenhamos dúvidas, é só ver o público a cantarolar as canções e percebemos que são autênticos, não estão a inventar. E, sobretudo, o grande desfile de disfarces (se bem que denominá-los assim seja talvez um pouco injusto) do concurso de Cosplay. Aqui há de tudo. Desde o súper estiloso traje de super-herói, até aos retalhos convertidos em obra de arte - patchwork - que permitem a entrada grátis no recinto, depois de beber a coca-cola da praxe. Zero complexos. Debaixo do sol, sem pressa, os personagens de anime e manga esperam pacientes a sua vez para entrar no recinto enquanto retocam a sua maquilhagem de zombi e ajeitam as suas perucas oxigenadas e endireitam as suas armas (de plástico, obviamente).

Na fila podemos escutar conversas sobre as novas edições, merchandising, jogos de computador, os poderes do Spiderman nas últimas séries publicadas ou comentários sobre os autores que nesse dia vão estar a dar autógrafos. São os seu heróis, sonham com eles o ano inteiro e, finalmente, chegou o dia de os conhecerem. Os ilustradores/criadores são pouco mais velhos que os seus fãs, podemos provar isso, mas já se tornaram autênticos ídolos. Calcula-se que visitaram o pavilhão da Casa de Campo de Madrid - lugar deste evento - 45.000 visitantes. Nós apenas lá estivemos uma manhã e descobrimos que estão desejosos por posar para as câmeras, sair nas fotografias e falar sobre as suas maravilhosas criações.