Entretenimento

Esse moleque mijando num elevador é o melhor filme de terror do ano

Uma análise muito importante.
Mack Lamoureux
Toronto, CA
MS
Traduzido por Marina Schnoor
28.2.18
Foto via screenshots. 

Carma instantâneo, compreensivelmente, é um dos gêneros de vídeo que mais viraliza.

Bom, quem não quer ver um babaca se fodendo logo depois de fazer alguma sacanagem? Isso desencadeia uma parte primitiva do nosso cérebro evoluída solenemente para o schadenfreude, e, como vimos em tempo real que essa pessoa é escrota, não precisamos sentir culpa pelo sofrimento dela.

Isso nos traz ao moleque num elevador em Chongqing, China, que ficou preso depois de mijar nos botões. Sem dúvida é um dos melhores thrillers de vingança de elevador da era moderna (sim, melhor até que Demônio). O vídeo tem várias versões pela internet, mas vamos analisar com mais atenção uma chamada “Menino chinês quebra elevador com seu pipi”.

Publicidade

Siri, pode rodar essa porra!

Valeu, Siri.

Nosso curta começa com uma filmagem de câmera de segurança mostrando um garoto entrando num elevador. O menino, usando óculos e uma jaqueta verde, dá uma observada rápida ao redor do elevador para ter certeza que está sozinho. Depois de alguns segundos, seus olhos encontram o painel de botões e uma conexão se forma. Veja bem, nosso garoto aqui está pensando que esses botões não estão molhados o suficiente.

Esse moleque – talvez de propósito ou só porque tinha tomado muito refrigerante – obviamente estava com a bexiga bem cheia quando entrou nesse elevador e, bom, ele precisava fazer o que você precisa fazer quando está com a bexiga cheia. Então esse rapazinho abriu a calça e começou a fazer o negócio que todo mundo precisa fazer de vez em quando. Só que obviamente ele ficou entediado e resolver apontar o jato para os botões – a precisão com a qual ele faz isso aqui me deixou imaginando se ele já tinha feito isso antes.

Mas, quando ele termina, acontece a desgraça! O moleque, agora com a calça já fechada, chega ao seu destino mas as portas do elevador não se abrem totalmente. Então o pestinha vai apertar todos os botões (agora ensopados de mijo). Esses botões, que acho que deram curto-circuito com o mijo, começam a ganhar vida própria e fazer uma bela imitação da Linda Blair em O Exorcista.

As luzes começam a piscar tenebrosamente. Se isso fosse um filme de terror, era agora que aumentaria o volume da música. O menino começa a se mexer nervosamente. Ele sabe que tem algo ruim acontecendo e que seu mijo tem alguma coisa a ver com isso. O elevador – tendo ganhado vida ou não – está se vingando dele.

Aí, acontece: depois que o elevador zoa com ele um pouco mais e ele começa a apertar os botões em pânico, a luz se apaga – uma escuridão induzida por mijo.

O garoto é iluminado pelas luzes dos botões que agora já entraram no modo Poltergeist e o vídeo acaba. Por esse vídeo, não sabemos o que aconteceu com o garoto depois, o mais provável sendo que a luz voltaria e nosso pequeno mijão teria desaparecido.

Ele teria sido engolido pelo demônio do elevador puto e todo mijado, e nunca mais seria visto.

Mas isso não é um filme e segundo matérias traduzidas de vários meios de comunicação chineses, o garoto foi resgatado logo depois por uma equipe de busca. Ele não se machucou e ficou pouco tempo preso na sua vergonha ensopada de mijo. A equipe de busca depois achou a filmagem e compartilhou com o mundo, como deveria fazer mesmo.

No final das contas, gostando ou não deste artístico found footage, você tem que concordar que é um filme muito melhor que aquele do elevador do M. Night Shyamalan.

Siga o Mack Lamoureux no Twitter.

Siga a VICE Brasil no Facebook , Twitter e Instagram .