Noticias

Adolescente que vendeu um rim pra comprar um iPhone está preso numa cama

“Por que preciso de dois rins? Um é suficiente”, disse Wang Shangkun, antes de contrair uma insuficiência renal.
29.1.19
homem rim iphone
Imagem via YouTube/InformOverload (E); Pexels, CC licence 0 (D).

Em 2011, um adolescente chinês vendeu um rim para poder comprar o último aparelho da Apple. Wang Shangkun, então com 17 anos, vendeu o órgão no mercado negro pelo equivalente a $4.500 AUD [quase R$12 mil], depois usou o dinheiro para comprar um iPad 2 e um iPhone 4. “Por que preciso de dois rins?”, Wang disse na época, segundo o The Epoch Times. “Um é suficiente.”

Tragicamente, a história era real, e o rapaz de 25 anos hoje depende de uma máquina de diálise. Segundo a imprensa local, ele provavelmente ficará preso numa cama para o resto da vida depois de sofrer deficiência renal.

Logo depois de vender seu rim direito, Wang – que nasceu na província de Anhui – disse a China Network Television que queria comprar um iPad 2, mas não tinha dinheiro suficiente. Mais tarde, ele foi abordado por um traficante de órgãos num chat na internet.

“Quando eu estava na internet, um agente de rins me mandou uma mensagem, dizendo que vender um rim me renderia 20 mil [yuan]”, ele disse. Um pouco depois, Wang passou por uma cirurgia ilegal na província central de Hunan, onde seu rim direito foi removido e entregue para um paciente desconhecido. Foi só quando ele voltou para casa com seus novos aparelhos caros da Apple que sua mãe desconfiou e o obrigou a confessar, segundo a NPR. Nove pessoas envolvidas na operação foram presas, e cinco delas foram acusadas de lesão intencional e tráfico de órgãos.

Meses depois, Wang desenvolveu uma infecção no rim remanescente – a causa provavelmente sendo o local não-sanitário da operação e a falta de cuidado pós-operatório – e acabou sofrendo uma falência de órgão. Agora a condição dele é tão grave que ele está preso numa cama e exige diálise diária para limpar seu sangue das toxinas com que seu rim não consegue mais lidar.

Médicos dizem que Wang agora provavelmente precisa de um transplante, segundo o Gizmodo. Mas o Gizmodo também disse que rins humanos podem valer até $366 mil AUD no mercado negro – mais de 80 vezes o que Wang recebeu.

A China proibiu a venda de órgãos humanos em 2007, mas a disparidade entre pessoas precisando de transplante e o número de doadores alimenta um enorme mercado negro.

Matéria originalmente publicada pela VICE Austrália.

Siga o Gavin no Twitter e Instagram.

Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.