FYI.

This story is over 5 years old.

BAILEWAVE: Márcio Vermelho

Muito além do house ou techno, a mix do produtor paulistano desenha paisagens 3D em uma caverna estética que existe simultaneamente na Transilvânia ou no Quênia.
Arte por Raquel Krügel

2016 engatou a primeira e o BAILEWAVE segue nossa mix semanal pilotada por Victor Apolinário, nossa blogueira multitarefas, que traz sempre novidades sonoras achadas nesse mundo sem fundo que é a internet. A artista multiplataforma paulistana Raquel Krügel é quem se responsabiliza pela parte visual da série. Vem de bonde.

Do rolê clube paulista no início dos anos 00, até a coletividade da apropriação das ruas como espaço de lazer, Márcio Vermelho — o gentleman da cena eletrônica paulista — vivenciou diversas fases e a construção da cena eletrônica em São Paulo. "No fim dos anos 90 e começo dos 2000 já tocava em festinhas de amigos e depois pra valer, profissionalmente, em 2001, em alguns clubes e festas de SP da época", conta ele. "Logo no início produzi a minha própria festa, na qual eu era DJ residente, no Supperclub, uma sauna na Santa Cecília".

Publicidade

Das saunas aos espaços públicos, Vermelho deu vida às arestas cinzas de São Paulo, junto com uma galera de peso reunida em festas como Laço e seu mais recente trampo ODD. "Nas minhas festas procuro ir além da pista de dança, e a Laço é uma experiência que vai muito nesse sentido, sempre com artistas de diferentes áreas e propostas.", explica. "ODD, é pista intensa, transe, cheia de novidades musicais. A Laço tem uma pegada de mostra audiovisual, com vários artistas do vídeo, instalações, performances, e com propostas mais experimentais." completa.

2016 engatou a primeira e o BAILEWAVE segue nossa mix semanal pilotada por Victor Apolinário, nossa blogueira multitarefas, que traz sempre novidades sonoras achadas nesse mundo sem fundo que é a internet. A artista multiplataforma paulistana Raquel Krügel é quem se responsabiliza pela parte visual da série. Vem de bonde.

Do rolê clube paulista no início dos anos 00, até a coletividade da apropriação das ruas como espaço de lazer, Márcio Vermelho — o gentleman da cena eletrônica paulista — vivenciou diversas fases e a construção da cena eletrônica em São Paulo. "No fim dos anos 90 e começo dos 2000 já tocava em festinhas de amigos e depois pra valer, profissionalmente, em 2001, em alguns clubes e festas de SP da época", conta ele. "Logo no início produzi a minha própria festa, na qual eu era DJ residente, no Supperclub, uma sauna na Santa Cecília".

Das saunas aos espaços públicos, Vermelho deu vida às arestas cinzas de São Paulo, junto com uma galera de peso reunida em festas como Laço e seu mais recente trampo ODD. "Nas minhas festas procuro ir além da pista de dança, e a Laço é uma experiência que vai muito nesse sentido, sempre com artistas de diferentes áreas e propostas.", explica. "ODD, é pista intensa, transe, cheia de novidades musicais. A Laço tem uma pegada de mostra audiovisual, com vários artistas do vídeo, instalações, performances, e com propostas mais experimentais." completa.

Em produções minimalistas que mesclam a intensidade a excentricidade do techno eurocentralizado e a percussão africana, como em "Trouble In the Streets", Vermelho acaba por priorizar o polimento, o que desacelera o fluxo de lançamentos das paradas que produz. "Gosto de produzir com calma, no meu tempo, prefiro deixar fluir e lançar quando realmente me sinto satisfeito", pondera.

Atualmente o produtor tem se dedicado ao projeto que toca com Pedro Zopelar, o Sphynx. "Acabamos de lançar um disco pelo selo alemão Magic Jams e estamos preparando o próximo."

Em uma mixtape exclusiva, Marcio Vermelho desenha paisagens tridimensionais ambientadas em um rolê bem mocadão numa caverna na Transilvânia ou no Quênia, aproveita o fluxo e vem relaxar com essa mixtape +qd+ !

Tracklist:

1. Andrew Weatherall - "Intro'
2. Mugwump - "School's Out"
3. Benedikt Frey - "Scale"
4. Tolouse Low Trax - "Reserves To Talk"
5. Jimi Bazzouka - "Kebab"
6. Populette - "Another One"
7. Selvy - "Tale To The Sky"
8. I:Cube - "Ou Ailleurs"
9. Headman feat. Brassica - "Work" (Manfredas Remix)
10. Khidja - "Aura" (In Flagranti Remix)
11. Geena - "Box Of Exotica"
12. Ali Kuru - "Araf"
13. Noblesse Oblige - "The The Great Electrifier" (Tolouse Low Trax Remix)
14. Chloe - "Dune"

Márcio Vermelho está no Facebook // Soundcloud

Siga o THUMP nas redes Facebook // Soundcloud // Twitter.

Em produções minimalistas que mesclam a intensidade a excentricidade do techno eurocentralizado e a percussão africana, como em "Trouble In the Streets", Vermelho acaba por priorizar o polimento, o que desacelera o fluxo de lançamentos das paradas que produz. "Gosto de produzir com calma, no meu tempo, prefiro deixar fluir e lançar quando realmente me sinto satisfeito", pondera.

Atualmente o produtor tem se dedicado ao projeto que toca com Pedro Zopelar, o Sphynx. "Acabamos de lançar um disco pelo selo alemão Magic Jams e estamos preparando o próximo."

2016 engatou a primeira e o BAILEWAVE segue nossa mix semanal pilotada por Victor Apolinário, nossa blogueira multitarefas, que traz sempre novidades sonoras achadas nesse mundo sem fundo que é a internet. A artista multiplataforma paulistana Raquel Krügel é quem se responsabiliza pela parte visual da série. Vem de bonde.

Do rolê clube paulista no início dos anos 00, até a coletividade da apropriação das ruas como espaço de lazer, Márcio Vermelho — o gentleman da cena eletrônica paulista — vivenciou diversas fases e a construção da cena eletrônica em São Paulo. "No fim dos anos 90 e começo dos 2000 já tocava em festinhas de amigos e depois pra valer, profissionalmente, em 2001, em alguns clubes e festas de SP da época", conta ele. "Logo no início produzi a minha própria festa, na qual eu era DJ residente, no Supperclub, uma sauna na Santa Cecília".

Das saunas aos espaços públicos, Vermelho deu vida às arestas cinzas de São Paulo, junto com uma galera de peso reunida em festas como Laço e seu mais recente trampo ODD. "Nas minhas festas procuro ir além da pista de dança, e a Laço é uma experiência que vai muito nesse sentido, sempre com artistas de diferentes áreas e propostas.", explica. "ODD, é pista intensa, transe, cheia de novidades musicais. A Laço tem uma pegada de mostra audiovisual, com vários artistas do vídeo, instalações, performances, e com propostas mais experimentais." completa.

Em produções minimalistas que mesclam a intensidade a excentricidade do techno eurocentralizado e a percussão africana, como em "Trouble In the Streets", Vermelho acaba por priorizar o polimento, o que desacelera o fluxo de lançamentos das paradas que produz. "Gosto de produzir com calma, no meu tempo, prefiro deixar fluir e lançar quando realmente me sinto satisfeito", pondera.

Atualmente o produtor tem se dedicado ao projeto que toca com Pedro Zopelar, o Sphynx. "Acabamos de lançar um disco pelo selo alemão Magic Jams e estamos preparando o próximo."

Em uma mixtape exclusiva, Marcio Vermelho desenha paisagens tridimensionais ambientadas em um rolê bem mocadão numa caverna na Transilvânia ou no Quênia, aproveita o fluxo e vem relaxar com essa mixtape +qd+ !

Tracklist:

1. Andrew Weatherall - "Intro'
2. Mugwump - "School's Out"
3. Benedikt Frey - "Scale"
4. Tolouse Low Trax - "Reserves To Talk"
5. Jimi Bazzouka - "Kebab"
6. Populette - "Another One"
7. Selvy - "Tale To The Sky"
8. I:Cube - "Ou Ailleurs"
9. Headman feat. Brassica - "Work" (Manfredas Remix)
10. Khidja - "Aura" (In Flagranti Remix)
11. Geena - "Box Of Exotica"
12. Ali Kuru - "Araf"
13. Noblesse Oblige - "The The Great Electrifier" (Tolouse Low Trax Remix)
14. Chloe - "Dune"

Márcio Vermelho está no Facebook // Soundcloud

Siga o THUMP nas redes Facebook // Soundcloud // Twitter.

Em uma mixtape exclusiva, Marcio Vermelho desenha paisagens tridimensionais ambientadas em um rolê bem mocadão numa caverna na Transilvânia ou no Quênia, aproveita o fluxo e vem relaxar com essa mixtape +qd+ !

Tracklist:

1. Andrew Weatherall - "Intro'
2. Mugwump - "School's Out"
3. Benedikt Frey - "Scale"
4. Tolouse Low Trax - "Reserves To Talk"
5. Jimi Bazzouka - "Kebab"
6. Populette - "Another One"
7. Selvy - "Tale To The Sky"
8. I:Cube - "Ou Ailleurs"
9. Headman feat. Brassica - "Work" (Manfredas Remix)
10. Khidja - "Aura" (In Flagranti Remix)
11. Geena - "Box Of Exotica"
12. Ali Kuru - "Araf"
13. Noblesse Oblige - "The The Great Electrifier" (Tolouse Low Trax Remix)
14. Chloe - "Dune"

Márcio Vermelho está no Facebook // Soundcloud

Siga o THUMP nas redes Facebook // Soundcloud // Twitter.