Noticias

Boletim Matutino da VICE

Tudo o que você precisa saber sobre o mundo esta manhã com curadoria da VICE.
24.7.18
Agência Brasil

Brasil

Novo ministro do Trabalho foi autuado 24 vezes por infrações trabalhistas

O recém-nomeado ministro do Trabalho, Caio Luiz de Almeida Vieira de Mello, foi autuado 24 vezes em fiscalizações do Ministério do Trabalho por infrações trabalhistas, entre 2005 e 2013, em sua fazenda, em Conceição do Rio Verde, no Sul de Minas Gerais. Além de funcionários sem registro em carteira, entre as infrações apontadas estava o fato de a moradia dos empregados ficar perto da baia dos animais. Também foi constatado o não fornecimento de equipamento de proteção individual para os funcionários. – Repórter Brasil

Publicidade

PF indicia 12 pessoas por superfaturamento de mais de R$ 600 milhões no Rodoanel

A Polícia Federal em São Paulo indiciou 12 pessoas por envolvimento no suposto esquema de desvio de dinheiro das obras do trecho norte do Rodoanel, em São Paulo. A estimativa é a de que tenha havido superfaturamento de mais de R$ 600 milhões. Entre os indiciados está Laurence Casagrande Lourenço, ex-presidente da Dersa, empresa de infraestrutura viária do estado de São Paulo. O MPF recebeu o inquérito da PF na última sexta-feira (20) e tem uma semana para decidir se oferece denúncia à Justiça, manda arquivar ou pedir mais diligências. – G1

Auxiliar de enfermagem é preso por estuprar jovem durante exame em SP

Um auxiliar de enfermagem de 51 anos foi preso apontado como o autor de um estupro cometido contra uma paciente, de 21, que realizava exames no Hospital Regional de Pariquera-Açu, no Vale do Ribeira, no interior de São Paulo. Ele nega a acusação e diz que a relação foi consentida. A vítima procurou a Delegacia Sede da cidade dois dias após o estupro, que teria ocorrido no dia 16 de julho. Ela contou que foi abusada sexualmente enquanto fazia um exame de eletrocardiograma. O delegado Fábio Maia informou que a direção do hospital auxiliou nas investigações, e o exame do Instituto Médico Legal (IML) apontou que houve conjunção carnal na vítima. – G1

Mundo

Incêndios florestais na Grécia deixam 50 mortos e mais de 150 feridos

Publicidade

Incêndios florestais no nordeste de Atenas, capital da Grécia, deixaram pelo menos 50 mortos e 156 feridos, de acordo com o último balanço da Defesa Civil divulgado nesta terça-feira (24). Eles já são considerados os piores incêndios a atingir o país em mais de uma década. O número de mortos pode aumentar, pois há feridos em estado grave e relatos de pessoas desaparecidas. O prefeito da cidade de Rafina, Evangelos Bournous, afirmou que o total de mortos já passa de 60. Moradores da região foram forçados a fugir em direção ao mar para escapar das chamas. – G1

Adolescente estuprada por irmão é presa após fazer aborto na Indonésia

Uma adolescente de 15 anos estuprada por seu irmão mais velho foi condenada a seis meses de prisão na Indonésia por ter abortado. Ela foi condenada nesta quinta-feira (19) em uma visita judicial na ilha de Sumatra, na qual também compareceu como acusado o seu irmão de 18 anos, assegurou o porta-voz do tribunal, Listyo Arif Budiman. "A menina é acusada sob a lei de proteção de menores por ter abortado", explicou. O irmão foi condenado a dois anos de prisão por agressão sexual a uma menor. A mãe da menina está sendo acusada por ter auxiliado o aborto. – Folha de S. Paulo

E mais

Ryan Lochte é suspenso por 14 meses por violar regra do antidoping

O nadador norte-americano Ryan Lochte foi suspenso pela Agência Americana de Antidoping até julho de 2019 por violação de doping. De acordo com o comunicado da Usada, o nadador americano de 33 anos, que ficou marcado no Brasil por ter inventado ser vítima de um assalto durante sua estadia nos Jogos Olímpicos Rio 2016, quebrou as regras ao fazer uma infusão intravenosa sem estar hospitalizado ou ter a licença para fazê-la. Dono de doze medalhas olímpicas, Lochte postou a foto realizando o procedimento em maio, o que deu origem à abertura da investigação. – Globo Esporte

Empresa canadense desenvolve a primeira cerveja de maconha, sem álcool nem glúten

Cientistas num pequeno laboratório em Ontário, no Canadá, estão criando um novo tipo de cerveja, sem álcool nem glúten, mas que altera o estado de consciência com o tetraidrocanabinol, o conhecido THC da maconha. As técnicas de fermentação são as mesmas das cervejas tradicionais, mas entre os ingredientes estão talos, caules e raízes da cannabis. Dooma Wendschuh, fundador da start-up Province Brands, explica que já existem cervejas de cannabis no mercado, mas pela infusão de óleos. Ele pretende criar a primeira cerveja produzida a partir da maconha, mas ainda não tem data para o lançamento do goró. – Extra