Publicidade
Cultura

A teoria da conspiração que liga "Stranger Things" a Chernobyl pode mesmo ser real

Mas, esperemos que não seja.

Por River Donaghey; Traduzido por Madalena Maltez
17 Julho 2019, 10:06am

Foto cortesia Netflix.

Este artigo foi originalmente publicado na VICE US.

A Internet já nos deu um mash-up amaldiçoado entre Chernobyl, da HBO, e outra adorada série de televisão, mas se este crossover com Friends não foi o suficiente para ti, temos um ainda pior. Esta semana, um utilizador do Reddit chamado Gamer_Nation inventou uma teoria tão grande, tão selvagem e tão bizarra que, na verdade, até faz sentido, por muito distorcida que seja: a de que a quarta temporada de Stranger Things poderia, de alguma forma, envolver o desastre nuclear de Chernobyl.

Tem paciência e acompanha-nos nesta jornada. Infelizmente, esta teoria parece ter pernas para andar.


Vê: "Férias em Chernobyl: turismo na zona de exclusão"


Em primeiro lugar, temos todo o subenredo soviético de Stranger Things 3. Para aqueles de vocês que ainda não viram a nova temporada, perdoem os pequenos spoilers, mas, desta vez, os russos maus são os principais vilões em Hawkins - ou pelo menos, os principais vilões que não são demónios inter-dimensionais. Numa cena depois dos créditos finais do último episódio, descobrimos que os soviéticos também estão a investigar o Upside Down numa base secreta na Rússia, onde capturaram um Demogorgon... e outro personagem.

OK, o facto de que a próxima temporada se possa estender até à Rússia não é exactamente a prova de que Boris Shcherbina se vai juntar à festarola Stranger Things, mas começa a parecer um bocadinho mais possível quando o tal utilizador do Reddit, Gamer_Nation, mergulha na linha cronológica da série:

‪Temporada 1: Inverno 1983‬ (Natal)
Temporada 2: Outono 1984‬ (Halloween)
Temporada 3: Verão 1985‬ (Dia da Independência)
Temporada 4: deverá ser Primavera 1986 ‬(Páscoa e, provavelmente, "Spring Break")

E quando é que o Reactor 4 de Chernobyl explodiu, dando lugar a um dos maiores desastres da história da humanidade? 26 de Abril de 1986. "O doutor Owens diz que eles usam algo familiar para distrair o público de olhar para os estranhos acontecimentos", diz o artigo do Reddit. E acrescenta: "Portanto, um reactor nuclear explodiu ou será que a El travou a maior batalha da sua vida?".

As datas e a localização podem fazer sentido, mas ainda assim parece um esticão que a Netflix tente realmente incorporar uma grande tragédia como Chernobyl no seu divertido e pouco sério êxito televisivo. Claro que Stranger Things adora ligar a sua história à nostalgia dos anos 1980, mas fazer referência à New Coke e a Ghostbusters, ou o que quer que seja, é uma coisa; criar uma história fictícia para explicar um desastre catastrófico é outra.

Ah, espera... isso é exactamente o que a Rússia já está a fazer com o filme Chernobyl, pago pelo Estado, sobre como a CIA foi a verdadeira culpada do desastre. Alguém que se despache e dê a Steve "The Hair" Harrington um "protector para os tomates".


Segue a VICE Portugal no Facebook, no Twitter e no Instagram.

Vê mais vídeos, documentários e reportagens em VICE VÍDEO.