Entretenimento

O jogo que combina as duas coisas favoritas da Internet: gatos e criptomoedas

O que são "Cryptokitties" e porque é que nos últimos dias tomaram conta da Internet? Elle Reeve investiga o porquê de este fenómeno ser menos sobre gatos e mais sobre o futuro da tecnologia blockchain.
6.12.17

Vê mais vídeos, documentários e reportagens em VICE VÍDEO.

A 28 de Novembro, a empresa de desenvolvimento de jogos Axiom Zen, lançou um novo título chamado "CryptoKitties", em que os jogadores compram, vendem e juntam gatos animados, usando a criptomoeda ether. Poucos dias depois, na segunda-feira, 4 de Dezembro, o jogo era já tão popular que representava 14 por cento de todas as transações feitas através do blockchain Ethereum.

Na terça-feira, 5 de Dezembro, tinham sido gastos cinco milhões de dólares em cerca de 32 mil gatos. Pode parecer uma moda passageira daquelas meio tontas - gatos de faz de conta a serem vendidos com dinheiro de faz de conta -, mas o que é certo é que "CryptoKitties" demonstra claramente como é que o blockchain pode ser usado para algo mais que a simples troca de criptomoeda.

Oferece-nos a possibilidade de fazer itens coleccionáveis únicos, como edições limitadas de "action figures", ou de conjuntos de porcelanas, por exemplo, só que feitas a partir de código. E o mais interessante é que "CryptoKitties", o jogo, existe independentemente da Axiom Zen, o que significa que, mesmo que a empresa desapareça, os gatos viverão, para sempre.

Segue a VICE Portugal no Facebook, no Twitter e no Instagram.