postal de África da autoria de John Hinde
Foto cortesia John Hinde Archive.
Viagem

Saudações... do nosso passado racista. Postais antigos que mostram os preconceitos imperialistas dos anos 60

Estas imagem dizem mais sobre uma certa visão ocidental de África, do que sobre as pessoas nelas representadas.
6.2.19

Este artigo foi originalmente publicado na nossa plataforma Amuse e faz parte de uma série que explora o arquivo do britânico John Hinde - possivelmente o fotógrafo mais famoso de quem nunca ouviste falar. Nos anos 50 e 60, os seus postais coloridos eram vendidos aos milhões e, apesar de terem saído de moda, mostram uma faceta fascinante sobre como era viajar na época.

Bem-vindos à África da década de 1960 - ou, pelo menos, à "África" como era vista por um inglês dos anos 60. O inglês em questão é John Hinde, fotógrafo de postais extraordinaire. Tendo começado a sua carreira profissional no circo, nos anos 50 Hinde desistiu da vida da "grande tenda" para seguir o seu caminho no então novo meio da fotografia comercial a cores.

Publicidade

Aventurando-se pelo Mundo, ajudou a estabelecer o hiper-saturado estilo de postal, que se tornou omnipresente durante o boom turístico do pós-guerra. Vertiginosamente idealizadas, as suas fotografias dizem-nos mais sobre as suposições de um inglês na era colonial do que sobre os lugares que ele pretendia mostrar.

1548774426491-af201

Foto cortesia John Hinde Archive

Estas impressões de África em technicolor mostram um continente de paisagens cheias de sol, flora colorida e fauna exótica. Quando aparecem pessoas, estão sorridentes, vestidas com trajes tradicionais e são geralmente descritas pelo seu papel na tribo - "Guerreiro Africano", por exemplo.

Como se África não fosse um vasto continente, composto por várias e distintas culturas e países. Nos anos 1960, estes indivíduos eram rotulados simplesmente como "africanos" - tudo misturado numa única massa homogénea à luz da lente do fotógrafo.

1548774607651-af182

Foto cortesia John Hinde Archive

Cada descrição é, claro, traduzida para alemão e francês. Isto é a região como era vista pelos impérios europeus em finais da era colonial. Assim sendo, não mostram a mesma nudez agressiva ou desdém que a primeira onda de colonizadores teria mostrado; em vez disso, representam o tipo de imagens acolhedoras que eram difundidas nas grandes metrópoles depois das nódoas de sangue serem lavadas. Estão desenhados para satisfazer o interesse fútil daqueles que imaginam como são as terras ensolaradas que o seu país tem sob controlo.

1548774638863-af27

Foto por John Hinde Archive

É também irónico que estes postais tenham sido produzidos numa altura em que uma série de nações africanas estivesse, finalmente, a tentar expulsar o poder imperial. A libertação da Eritreia da governação italiana em 1947 levou a uma onda de revoltas durante os anos 50 e 60. Nação a nação, o continente revoltou-se e encetou o caminho em direcção à independência e à autonomia.

Claro que à audiência branca ocidental da época não lhe chegaria essa informação. Imagens de resistência contra atrocidades não vendem postais de férias. Não - aqui, África é exibida ao estilo de um cesto de frutas, pronto para ser devorado por mãos europeias, em vez de uma terra cujos recursos tinham sido brutalmente pilhados.

Não há sequer um vislumbre do sofrimento ou indignação causados pelo colonialismo, nem um indício de que o sistema bárbaro estivesse a colapsar no exacto momento em que estas fotografias foram tiradas. O que quer que John Hinde possa ter pensado, os seus postais africanos mostram-nos, acima de tudo, o quão chocantemente paternalista, arrogante e equivocada era a visão da Europa sobre as suas colónias, até nos anos 60.

1548775159583-af60

Foto cortesia John Hinde Archive

1548775182969-af50

Foto cortesia John Hinde Archive

1548775233253-af19

Foto cortesia John Hinde Archive

1548775256447-af159

Foto cortesia John Hinde Archive

1548775288430-af30

Foto cortesia John Hinde Archive

1548775307375-af71

Foto cortesia John Hinde Archive

1548775318864-af183

Foto cortesia John Hinde Archive

1548775333704-af25

Foto cortesia John Hinde Archive


Segue a VICE Portugal no Facebook, no Twitter e no Instagram.

Vê mais vídeos, documentários e reportagens em VICE VÍDEO.