cinema

Assista ao trailer do documentário sobre a adolescência de Basquiat

'Boom For Real' mergulha na vida de Basquiat como um adolescente sem-teto morando nas ruas de NY.
25.4.18
Screenshot via YouTube.

A adolescência turbulenta de Jean-Michel Basquiat definitivamente teve uma grande influência em seu estilo lendário. O artista que cresceu no Brooklyn, em Nova York, ficou sem ter onde morar aos 15 anos de idade (se estabelecendo precariamente no Tompkins Square Park) e sua mãe entrava e saía de clínicas psiquiátricas na época. O novo documentário Boom For Real foca nessa fase ainda pouco explorada da vida de Basquiat – antes dele vender um quadro por $25 mil e colaborar com Andy Warhol. O novo trailer do filme ilustra como o jovem artista ainda não descoberto tinha que navegar pela perigosa East Village nos anos 80. Vemos filmagens dele grafitando seu apelido, “SAMO”, na porta de um prédio de apartamentos dilapidado e suas primeiras aparições na televisão.

“Quando o conheci, algumas semanas depois dele ter feito 16, ele estava morando na rua com sabe Deus quem”, diz um amigo de Basquiat no trailer. Descobrimos então o que SAMO significava para Basquiat – vindo originalmente da frase sempre repetida “same ole' shit” [“a mesma merda de sempre”], uma referência a todo o crime, drogas e pobreza que o cercavam.

Boom For Real tenta remover a camada de superstar que a cultura pop construiu com os anos e chegar até o coração dos anos formativos de Basquiat. O documentário chega aos cinemas dos EUA no dia 11 de maio. Ainda não há previsão de estreia no Brasil.

Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter e Instagram.