Rezar no JFK

FYI.

This story is over 5 years old.

Viagem

Rezar no JFK

Muitos aeroportos de grandes dimensões têm uma área dedicada à devoção.
10.11.15

Parece estranho encontrar um ambiente religioso no meio do aeroporto — mas espera. Os aeroportos não são vazios espirituais repletos de almas perdidas? Não sentes uma leve sensação de pânico? Isso não transforma o aeroporto no lugar perfeito para encontrar Deus?

Segundo o PEW, mais de metade dos aeroportos de grandes dimensões (que são aqueles que comportam 1%, ou mais, dos embarques anuais) têm uma área destinada à devoção - principalmente às capelas católicas e protestantes, embora também existam algumas mesquitas improvisadas e templos judeus. O JFK, em Nova Iorque, é um dos poucos aeroportos que cobre todas estas necessidades, mesmo atrás do check-in, no Terminal 4. Temos a Capela Our Lady of the Skies (Católica), a Capela Christ for the World (Protestante), a Sinagoga Internacional (Judia), e o Centro Islâmico Internacional do JFK (Muçulmano).

Publicidade

Para além das orações massivas e regulares, as pessoas vão vindo conforme a agenda lhes permite — alguns trabalhadores passam por ali nas suas pausas, alguns passageiros dão lá um salto durante as escalas, e alguns viajantes mais nervosos fazem visitas de última hora.

O Imã Ahmet Yuceturk do Centro Islâmico Internacional do JFK disse-nos que a mesquita é uma necessidade básica para a comunidade muçulmana. "Mesmo que não tenham um lugar onde fazê-lo, os muçulmanos não deixarão de rezar. É muito importante para nós. As nossas orações diárias são o equivalente a ligar o telemóvel, ou estar ligado à internet. Precisamos de criar essa conexão com Deus, e ter sempre presente a nossa fé. Não é um part-time."

"Rezar é tão importante como são as casas de banho, e as cafetarias que há em cada terminal", acrescentou o Imã.

Segue o Bobby no Tumblr.