Publicidade
Music by VICE

Exclusivo! A alegria melancólica dos Tricycles pode mesmo salvar-te a vida

"Hamburger" é uma canção que é muito mais do que pode parecer à primeira audição. Tal como as melhores coisas desta vida.

Por Sérgio Felizardo
17 Julho 2019, 11:14am

Foto por Bruno Pires.

"Os Tricycles são um conjunto de kidadults de rumo duvidoso: João Taborda (António Olaio & João Taborda), Afonso Almeida (Cosmic City Blues, Sequoia), Edgar Gomes (Terb) e Sérgio Dias. Começaram a ser fabricados quando o Sérgio (bateria) e o Edgar (baixo) se juntaram ao Afonso (guitarra, voz) e ao João (guitarra, teclas, voz), que já andavam a fazer música juntos há algum tempo". A esta apresentação em formato "comunicado à imprensa", podíamos facilmente acrescentar: os Trycicles fazem parte de uma família numerosa de artistas e bandas de excelência, empenhados na criação de canções que equilibram doses generosas de melodia, humor e uma por vezes crua e desoladora tristeza.

Não estou a falar de música triste e deprimente, atenção. Nunca percebi muito bem porquê, mas muita gente tem a irritante mania de confundir a tristeza e a melancolia expressa em algumas canções com música depressiva e triste. Atrevo-me a dizer que a esmagadora maioria das minhas músicas favoritas em algum momento falam sobre tristeza e têm, de alguma forma, uma aura melancólica, mas são na sua essência o total oposto de música deprimente. Todavia, em algum momento da história da música pop contemporânea, alguém decidiu que tudo tem de ser estridente, acelerado e impossivelmente ritmico e tudo o que não o seja é uma desgraça de fazer chorar as pedas da calçada. Pois bem, esse alguém nunca ouviu os Teenage Fanclub, os Vaselines, os BMX Bandits, os Pearlfishers, ou os Belle & Sebastian (só para limitar a coisa a bandas de Glasgow) e, obviamente, nunca ouviu os Trycicles.

Também é verdade que eu sou um gajo optimista por natureza e que o único álbum dos Cure que vejo como verdadeiramente depressivo é o Pornography, mas não me fodam, se vocês não conseguem dançar com isto, isto, isto ou ainda isto e acham que é tudo uma cambada de choninhas chorões, então o problema é mesmo vosso, não é meu. Temos pena.

E o mesmo é válido para "Hamburger", magnífico novo single destes tais kidadults de Coimbra. Uma canção pop de construção aparentemente simples, mas cheia de subtis complexidades melódicas, que vai buscar à vertigem da queda, do falhanço, o humor necessário para nos transmitir uma sensação de alegria que até pode ser falsa, mas que funciona como um sinal de esperança, uma garantia de que há sempre alguém ou algo que nos pode safar do cimento lá em baixo. Nem que seja uma simples canção pop melancólica.


"Hamburger" faz parte do álbum Trycicles, lançado em Março último pela Lux Records e que em dezembro será reeditado em versão vinil. O vídeo que podes ver acima foi filmado em Coimbra, realizado e editado por Bruno Pires e João Taborda e conta com uma série de ilustres convidados da cidade: Vitor Torpedo, António Olaio, Ricardo Jerónimo, Pedro Chau, Pedro Renato, MC Ruze, Maria João Robalo e Joana Cipriano.

Segue a VICE Portugal no Facebook, no Twitter e no Instagram.

Vê mais vídeos, documentários e reportagens em VICE VÍDEO.