FYI.

This story is over 5 years old.

O duo SHWDWN quer confrontar (pacificamente) a fronteira entre o rap e o funk

Ouça o auto-entitulado EP de estreia do novo projeto dos produtores Gedson Dias e Carlos Nunez, que se uniram para extrapolar os seus próprios limites de estilo.
5.9.16
Carlos Nunez e Gedson Dias agora formam o SHWDWN. Foto: Fernando Moraes/Divulgação

A semana mal começou e, apesar dos pesares, já temos ótimas novidades: Gedson Dias e Carlos Nunez uniram suas diferentes influências no projeto SHWDWN. O nome vem da palavra showdown e representa a vontade da dupla de confrontar tudo que já foi feito até agora — pacificamente, claro. O EP de estreia, que leva o mesmo nome do grupo, tem sete músicas, entre elas um remix de "Bonde da Juju", do MC Bio G3, um grande hino do funk ostentação. E apresentamos a íntegra do EP exclusivamente aqui no Noisey.

Publicidade

Apesar do projeto novo, os dois já são veteranos na música. Gedson já produziu sons para o Racionais MCs, RZO, Rincon Sapiência e recentemente voltou com sua websérie "Vida de Beatmaker", que busca registrar o dia-a-dia de um produtor de beats. Já o Carlos vem de um caminho diferente; produtor de funk, ele já fez sons para o MC Dedé, MC Marcelly, entre outros, e até participou do maravilhoso EP de funk rasteirinha do Funk na Caixa.

Os dois acreditam que a experiência em gêneros diferentes só tem a acrescentar para a dupla. "Ambos utilizam como essência o sampling, que é a utilização de trechos/loops de outras músicas. A partir desse ponto em comum, a gente começou a trocar referências sobre cada estilo. O nosso objetivo era sair da rotina musical de cada um, dando total liberdade para fazermos o que não conseguiríamos em nosso estilo padrão (só rap ou só funk)" contou Carlos, por email.

Eles se conheceram oficialmente em uma festa onde o produtor de funk era residente, mas eles já se admiravam a distância há algum tempo. A parceria surgiu de uma proposta do Gedson, que queria formar um projeto novo. Eles se encontraram e tudo fluiu instantaneamente. Afinal, o funk e o rap tem o mesmo berço, a periferia, e como me disse o Carlos, sofrem o mesmo tipo de preconceito. Nada mais natural do que unir as duas bandeiras para criar algo novo, certo? Infelizmente os caras ainda não tem nenhuma festa de lançamento marcada, pra gente dar aquela fritada na caixa, mas você pode escutar o novo EP no conforto da sua casa clicando no player aqui embaixo. Mas é melhor amarrar o computador na mesa, porque os eles não pouparam no bass:

Siga o SHWDWN no Soundcloud // Facebook.

Siga o THUMP nas redes Facebook // Soundcloud // Twitter.