FYI.

This story is over 5 years old.

18+

A Ania quer ir para a cama com 100 mil homens

E tu podes ajudá-la.

Há uns tempos, a Ania Lisewska lançou-se na aventura de tentar limpar o recorde mundial da rapariga com o maior número de parceiros sexuais da história. O problema é que não há nenhum record para bater (quem diria!). Mas isso pormenores que não incomodam esta polaca de 21 anos. Como a Ania quer mesmo ficar na história, a Ania já definiu um número: 100 mil homens.

Esta ex-designer gráfica já pensou em tudo e estipulou 20 minutos para cada parceiro e até está disposta a duplicar a dose se o sortudo não ficar satisfeito no final da primeira parte. Como podem ver, há aqui muita consideração. Mesmo que a Ania conseguisse realizar o seu sonho, precisaria de 33 mil horas — ou mais ou menos três anos e oito meses sem comer ou dormir. Isto é muito tempo e muitas pilas, para não falar do dinheiro que teria que gastar para andar à volta do mundo à procura de homens dispostos a entrar para o Livro dos Recordes do Guiness. Quis saber como as coisas estavam a correr e decidi falar um bocado com ela. VICE: Olá, Ania, como estás? Podes explicar-nos o que pretendes exactamente?
Ania Lisewska: Estou a tentar entrar para o Livro dos Recordes do Guiness e para isso tenho que fazer sexo com 100 mil homens. Tive esta ideia há um tempo quando estava num bar com amigos. É assim, eu adoro divertir-me e adoro fazer sexo, então pensei que isso poderia ser uma cena fixe de se fazer. A minha maratona começou há algumas semanas, na Polónia, e agora sinto-me preparada para fazer uma digressão pelo mundo. Neste momento estou na República Checa. Como te estás a organizar? Há algum empresário metido nisto?
Há algumas pessoas que me estão a ajudar nesta aventura, sim.

Os homens não têm que pagar pelo prazer de estarem contigo, certo?
Não, não. Não sou uma prostituta. Mas isso não te fica caro? Quer dizer, andas a viajar pelo mundo, a pagar hotéis…
Na Polónia, os homens têm dividido os custos dos hotéis comigo, cada um paga metade. A parte mais cara é a viagem. Fica caro chegar a todos os países. Bom, era de prever. O que os funcionários do hotel acham quando te vêem entrar e sair com homens a toda a hora?
Não é um problema. Somos muito discretos. Aquilo que acontece no quarto não os incomoda e, além disso, também não é assunto deles. Já tiveste algum stress com a tua maratona de sexo?
Já recebi uma data de ameaças de morte, especialmente de países muçulmanos. Parece que as pessoas no Egipto ficaram muito lixadas. Acho que não vou poder passar por lá.

Eles deviam ter vergonha. Quantos gajos já conseguiste comer até agora?
Até esta manhã, 424.

Ainda tens um longo caminho pela frente.. Onde é que os restantes 99576 candidatos se podem inscrever?
Os interessados podem visitar meu site. Encontram lá todas as informações lá. Por favor, não faças links para a minha página do Facebook — a minha caixa de mensagens está a abarrotar. Logo nos primeiros dias do anúncio desta minha viagem do sexo, recebi milhares de mensagens de gajos que me queriam conhecer. Muito bem. Diz-me só mais uma coisa — os teus pais sabem o que estás a fazer?
Não falo com a minha mãe e o meu pai já morreu.  Ah, OK. Obrigado, Ania. Boa sorte com essa maratona.