Publicidade
Este artigo tem mais de 5 anos.
Μoda

Como ser otário em cima de um skate

É mesmo fácil, basta seguir os conselhos do "New York Times".

Por Jonathan Smith
24 Maio 2012, 5:00pm



Aqui há coisa de duas semanas, o New York Times publicou um detalhado guia de conselhos para os leitores interessados em chamar a atenção pelas piores razões quando andam de skate, começando com a lengalenga das protecções e a acabar numa longboard. O artigo, intitulado How to Not Look Too Silly on a Skateboard, deixou-me com dúvidas se estaria a ser trolado pelo jornal ou se aquilo era mesmo honesto.

Para cúmulo, o autor, um tipo chamado Alex Williams, escreveu no dia seguinte outro artigo do mesmo género, desta vez chamado Skateboarding Past a Midlife Crises, um delicioso diagrama relativo ao envelhecimento da rebeldia skater. Cada um dos artigos tem um link que o liga ao outro, como dois irmãos mongolóides a brincar aos empurrões. Tenho ambas as peças abertas em tabs consecutivas no meu browser e acho que nunca quis tanto vomitar para cima do meu computador.

Já toda a gente sabe que o Times é um jornal pouco elástico relativamente a qualquer assunto que seja "de contra-cultura" (para usar uma expressão que eles usariam), mas este par de artigos seria o equivalente jornalístico de um texto meu em sânscrito sobre os hábitos migratórios das chalretas. Bem, vamos lá examinar o que aquele jornal considera um skater "não-palerma".



ANDA DE LONGBOARD
O artigo começa logo em beleza. "Já não és um puto, por isso experimenta uma tábua longa, com rodas grandes e moles para passeios mais agradáveis". Bem, não vou dizer que todos os longboarders deviam ser abatidos a tiro, mas acho que é seguro dizer que a cultura longboarder podia desaparecer amanhã e ninguém ia propriamente reparar nisso ou sequer sentir falta. Certo? Culpa quem quiseres, mas toda a gente sabe que a longboard está para o skate como o Peter Criss está para a música.



USA UM CAPACETE
Outra pérola. "Não se esqueçam do capacete. Se fica fixe ao Tony Hawk, fica fixe em vocês também". Que lógica da batata. Então, segundo o mesmo raciocínio, também é fixe viver dentro de um Happy Meal ou servir de escarradeira pessoal do Duane Peters (sim, eu sei que estou a linkar para um vídeo no site do Tony Hawk, mas não dá para evitar o homem). A verdade é que, a menos que faças vert, pura e simplesmente não vais usar um capacete. Não dá, não é permitido sequer. É uma cena feia que te aquece a cabeça e ficas a parecer uma piroca a meia distância. Desculpem lá, mas contra factos…


AH, E USA TAMBÉM ESTES RABOS ACOLCHOADOS
É muito simples, amigo: se vocês sentem a necessidade de usar uma destas coisas para andar de skate, ou no decorrer de qualquer outra actividade, desistam do skate ou do exercício em questão. Não vale a pena.



VESTE-TE COMO A MALTA DAQUELE FILME COM O HEATH LEDGER
Na brinca, o artigo não diz propriamente isso, mas recomenda-te que uses um hoodie com o logo dos Z-Boys, o que, vindo deste gajo, vai dar ao mesmo que dizer "veste-te como a malta daquele filme com o Heath Ledger".



VÊ AQUELE FILME COM O HEATH LEDGER
Ah, cá está! Já sabia que ele ia arranjar uma maneira qualquer de chegar a isto. O Alex sugere que se veja o Lords of Dogtown, o filme de 2005 em que o Heath Ledger faz de skater. O pessoal hoje em dia, antes de sair de casa para andar de skate, vê todo blockbusters de Hollywood com gajos suados e em tronco nu a fazer tostas mistas junto à piscina (suponho que o filme seja assim)? Fogo, não conhecia essa moda nova.
 



APRENDE COM O GAJO QUE ERA PAGO PARA ANDAR DE SKATE NO SEA WORLD
"És mesmo novato? Arranja o Skateboarding Explained: The Instructional DVD do Dan MacFarlane." Não tenho nada a dizer sobre o Dan que ele já não tenha dito no seu site pessoal.

Meu, odeio skate.

Tagged:
Skateboarding
Tony Hawk
Skate
Skaters
new york times
Vice Blog
NY Times
Nova Iorque