Noticias

Boletim Matutino da VICE - 31/10/2019

Tudo o que você precisa saber sobre o mundo esta manhã com curadoria da VICE.
31.10.19
48988277146_0b26a4bd6b_o
José Dias / Presidência da República

Brasil

Perícia do MP afasta versão de porteiro sobre Bolsonaro, mas deixa lacuna

Após um porteiro do condomínio Vivendas da Barra afirmar que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) autorizou a entrada no residencial de um dos acusados de matar a vereadora Marielle Franco (PSOL) e o motorista Anderson Gomes no dia do crime, o Ministério Público do Rio de Janeiro afirma ter provado que a versão está equivocada. No entanto, uma perícia feita pelos técnicos do órgão apresenta lacunas e não afasta a possibilidade de que áudios do sistema de interfone tenham sido excluídos antes de serem entregues à Polícia Civil. Em dois depoimentos à DH (Delegacia de Homicídios), o porteiro disse que foi o "seu Jair" que autorizou a entrada de Élcio no local. Ao observar pelo circuito interno de TV que o visitante estava indo para outra casa, o porteiro diz que voltou a ligar para a casa de Bolsonaro. Ele conta que "seu Jair" afirmou saber onde Élcio estava indo. – UOL

Após ameaçar imprensa Bolsonaro diz que nunca ameaçou imprensa

Em meio a uma série de ataques à TV Globo, que publicou na terça-feira (29) uma reportagem mostrando que o nome do presidente Jair Bolsonaro foi citado por uma testemunha ao longo da investigação do assassinato da vereadora Marielle Franco, o líder brasileiro disse nessa quarta-feira (30) que nunca ameaçou qualquer órgão de imprensa. Em conversa com jornalistas, ele foi questionado pela BBC News Brasil se não teme comparações com Hugo Chavéz, que em 2007 não renovou a concessão da RCTV, emissora de maior audiência no país, após discordar da cobertura do canal sobre seu governo e acusá-la de ser "golpista". O discurso contrasta com as falas do presidente horas antes, durante uma transmissão ao vivo pelo Facebook, publicada logo após a transmissão da reportagem sobre o caso Marielle no Jornal Nacional. "Teremos uma conversa em 2022", disse o presidente se referindo ao prazo de renovação da concessão da TV Globo. – BBC

Publicidade

Promotora do caso Marielle no MP do Rio fez campanha para Bolsonaro

A promotora do Ministério Público do Rio Carmen Eliza Bastos de Carvalho, que participou da coletiva sobre o caso Marielle Franco nesta quarta-feira 30, fez campanha para o então candidato à Presidência Jair Bolsonaro em 2018. Imagens de seu perfil no Instagram, que circulam na manhã desta quinta-feira 31 nas redes sociais, revelam que ela foi uma entusiasta da campanha do então candidato. “Há anos que não me sinto tão emocionada”, escreveu, no dia 1º de janeiro deste ano, quando postou uma imagem da posse do presidente. No Instagram de Carmem também há imagens dela com uma camisa com o rosto de Bolsonaro, e uma foto ao lado do deputado estadual Rodrigo Amorim (PSL). Ao lado do deputado federal Daniel Silveira (PSL), ele quebrou uma placa com o nome da vereadora Marielle Franco durante a campanha eleitoral de 2018. - Veja

Carluxo se contradiz sobre estar em casa na tarde da morte de Marielle

Carlos Bolsonaro se contradisse sobre onde estava na tarde de 14 de março do ano passado, data em que Marielle Franco foi assassinada. Nesta quarta-feira (30), ele afirmou que estava em casa às 17h58, quando teria autorizado um Uber a entrar no condomínio. Mas, um dia antes, ele havia dito, também via Twitter, que não estava em casa naquela tarde. Para provar, o vereador publicou na terça-feira trechos do Diário Oficial da Câmara Municipal do Rio de Janeiro , que registrou sua presença em plenário numa sessão que, conforme o próprio Carlos enfatizou em sua defesa, terminou às 17h30. Da Câmara de Vereadores, no Centro, até o condomínio de Carlos e Jair Bolsonaro, na Barra da Tijuca, são cerca de 30 quilômetros. – Época

Publicidade

Copom reduz taxa básica de juros de 5,5% para 5% ao ano

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu nesta quarta-feira (30) reduzir de 5,5% para 5% ao ano a taxa básica de juros da economia, a Selic. A redução da taxa já era esperada por analistas do mercado financeiro. Com a decisão, a Selic chegou ao menor percentual desde 1999, quando começou o regime de metas para a inflação. O atual ciclo de redução dos juros começou em julho deste ano. Em comunicado, o Copom confirmou a expectativa dos analistas e indicou que deverá fazer um novo corte na próxima reunião, marcada para 11 de dezembro, reduzindo a Selic para 4,5% ao ano. – G1

Ministério cancela a proibição da pesca de camarão e lagosta no Nordeste

O Ministério da Agricultura informou nesta quarta-feira (30) que vai voltar atrás na decisão de estabelecer, em caráter excepcional, períodos adicionais de restrições à pesca de camarão e lagosta, o chamado "defeso". A medida tinha como motivação a "provável contaminação química" devido ao derramamento de óleo que levou ao surgimento das manchas de óleo no litoral do Nordeste – desde 30 de agosto, mais de 200 locais foram afetados pelas manchas. Em nota, o ministério disse que testes feitos no pescado não apontam a necessidade de proibição. "Nós não sabíamos como é que era essa mancha de petróleo, que tipo era. Enquanto isso estava sendo analisado, pelo princípio da precaução, nós suspendemos a pesca em vários estados brasileiros onde esse petróleo chegou", disse a ministra Tereza Cristina. – G1

Publicidade

Ministério da Economia libera verba extra para o CNPq pagar bolsas de pesquisa

O dinheiro que faltava ao orçamento de 2019 para o pagamento de bolsas de pesquisa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) foi liberado pelo Ministério da Economia nesta quarta-feira (30), depois de oito meses de deliberação oficial de verba extra solicitada pelo Ministério da Ciência e Tecnologia (MCTIC), e após quase 15 meses de alertas emitidos pelo próprio CNPq. Segundo a assessoria de imprensa do órgão informou ao G1, todos os atuais 77.463 bolsistas receberão o valor correspondente à bolsa de outubro dentro do calendário normal, até o quinto dia útil de novembro. – G1

Governo autoriza a Caixa a aumentar preço das apostas das loterias

O Ministério da Economia autorizou a Caixa Econômica Federal a aumentar os preços das apostas das loterias no país. A Mega-Sena, que hoje custa R$ 3,50, passará a R$ 4,50, um aumento de 28,6%. O banco deverá definir a data em que os novos valores entram em vigor. A portaria que autoriza o aumento foi publicada nesta quinta-feira (31) no Diário Oficial, e foi elaborada pela Secretaria de Avaliação, Planejamento, Energia e Loteria do ministério. A última atualização no preço da aposta da Mega-Sena ocorreu em 2015, quando passou de R$ 2,50 para R$ 3,50. A portaria também autoriza a Caixa a, a partir de 2020, fazer reajustes sem necessidade de autorização do governo desde que o percentual seja inferior ou igual à inflação acumulada nos 12 meses desde o aumento anterior. – G1

Publicidade

Prefeitura de SP proíbe estacionar patinete na rua e vai cobrar pelo uso

A Prefeitura de São Paulo publica nesta quinta-feira (31) no Diário Oficial do Município a regulamentação do uso de patinete elétrica na capital. A Portaria vai proibir o estacionamento em calçadas e cobrará das empresas um valor a cada uso do meio de locomoção. De acordo com a prefeitura, o objetivo das medidas é dar segurança aos usuários da patinete e aos pedestres. As empresas terão de criar estacionamentos provisórios nas vias e um "bolsão" para guardar as patinetes. As companhias terão três horas no centro e seis horas na periferia para retirar os veículos desses estacionamentos e aloja-los nos bolsões. Além disso, elas serão obrigadas a oferecer o serviço nas periferias, já que, hoje, a prioridade é oferecer o serviço no centro expandido. – UOL

Mundo

Presidente do Chile anuncia que o país não sediará Conferência do Clima da ONU

Sebastián Piñera, o presidente do Chile, anunciou nesta quarta-feira (30) que o país não vai ser sede da COP 25, a Conferência do Clima da Organização das Nações Unidas (ONU), e nem a reunião de cúpula da Apec, bloco econômico dos países do Oceano Pacífico. A Conferência do Clima da ONU discute mudanças climáticas no mundo e como as nações podem trabalhar para reduzir a emissão dos gases de efeito estufa, que provocam a elevação da temperatura no planeta. A COP 25 estava agendada para acontecer entre os dias 2 e 13 de dezembro, em Santiago. A ministra do Esporte do Chile, Cecilia Pérez, afirmou nesta quarta-feira que a final da Copa Libertadores entre Flamengo e River Plate está confirmada para 23 de novembro em Santiago apesar dos protestos. – G1

Publicidade

Bolívia e OEA acertam auditoria da eleição presidencial; oposição diz que não vai reconhecer

A Bolívia e a Organização dos Estados Americanos (OEA) concordaram na quarta-feira (30) em realizar uma auditoria das eleições presidenciais que deram a vitória ao presidente Evo Morales, informou o ministro das Relações Exteriores, Diego Pary, detalhando o processo que poderá começar nesta quinta-feira (31). A entidade eleitoral deu a Morales a vitória no primeiro turno com 47,08% dos votos, contra 36,51% do oponente Carlos Mesa, uma vantagem de 10 pontos porcentuais que, segundo a lei, define o vencedor sem necessidade de um segundo turno. Mesa afirmou nesta quarta que não concorda com a auditoria. Ele considerou o acordo uma decisão "unilateral" e condenou a falta de consulta com o país. – G1

Botijão de gás explode em trem e mata dezenas de pessoas no Paquistão

Subiu para 71 o número de pessoas mortas depois que um botijão de gás explodiu em um trem no sul do Paquistão nesta quinta-feira (31). Outras 44 ficaram feridas, informou o jornal americano "The New York Times". O botijão explodiu depois de ser manipulado por passageiros durante o café da manhã, informou a ministra da Saúde da província local, Yasmin Rashid. Embora proibidos, os cilindros de gás são usados por passageiros em viagens longas para preparar refeições. "Dois fogões explodiram quando as pessoas estavam tomando café da manhã, [e] a presença de querosene com os passageiros no trem em movimento espalhou ainda mais o fogo", disse o ministro das Ferrovias Sheikh Rashid Ahmed à rede de televisão Geo. – G1

Publicidade

Nova York aprova lei que proíbe venda de foie gras na cidade

O conselho da cidade de Nova York, nos Estados Unidos, aprovou nesta quarta-feira (30) a proibição do comércio de foie gras na cidade a partir de 2022. Ativistas consideram que a produção da iguaria, um patê feito com fígado de ganso ou pato, desrespeita os direitos dos animais. As aves são alimentadas de maneira forçada, com um tubo enfiado diretamente na garganta, para que fiquem gordas. Quem desrespeitar a lei terá de pagar multa de US$ 2 mil – quase R$ 8 mil segundo a cotação atual. O prato é considerado da alta gastronomia e vendido em diversos restaurantes da cidade. – G1

E mais

MC Kauan é condenado a 4 anos de prisão por tráfico de drogas e recorre em liberdade

O funkeiro Kauan Mariz de Oliveira, conhecido como MC Kauan, foi condenado a quatro anos e dois meses em reclusão por tráfico de drogas em processo julgado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP). A defesa do cantor afirmou, nesta quinta-feira (31), que entrará com recurso para revisão da decisão. Conforme apurado pelo G1, o funkeiro havia sido absolvido em 1ª instância em fevereiro de 2018. No entanto, o Ministério Público recorreu da decisão. Revisado, o caso foi levado às autoridades da 3ª Câmara de Direito Criminal do TJ-SP no dia 22 de outubro. De acordo com a defesa do cantor, formada pelos advogados Marcelo Cruz e Yuri Cruz, um mandado de prisão foi expedido, no entanto, o documento não possui validade, uma vez que os advogados poderão entrar com recurso. – G1