Entretenimento

Está chovendo prosecco na Itália

Assista 30 mil litros de espumante jorrarem dum tanque numa vinícola em Conegliano.
Screenshot via Facebook 

Esta matéria foi originalmente publicada no Munchies .

Um vídeo viralizou no Facebook mostrando um gigantesco tanque de aço inox derramando um oceano de prosecco. Dá pra ver o espumante caindo sobre uma empilhadeira que fica parecendo mais um submarino. É uma cena bizarra e hipnótica que me fez querer pegar uma taça e entrar embaixo da cachoeira.

O vídeo foi postado no Facebook pela L'enoteca Zanardo com a legenda: “Conegliano: muito mosto nos silos, 30 mil litros de prosecco derramados”. Mas é aí que o enredo se complica: o acidente não aconteceu na L'enoteca Zanardo (que fica em Giussano, a umas três horas de Conegliano). “É um vídeo que filmaram para mim”, um funcionário da L'enoteca Zanard disse ao MUNCHIES, mas ele se recusou a elaborar em qual vinícola a tragédia aconteceu.

Publicidade

Aparentemente, um empregado dessa vinícola não revelada em Conegliano, no coração da produção de prosecco da Itália, filmou essa cena incrível porque – honestamente, não tinha muito que a pessoa pudesse fazer além disso.

Apesar da postagem dizer que a razão por trás do acidente era um tanque com muito mosto, a internet (como sempre) discorda. Alguns culparam uma tampa quebrada, mas isso não explica o líquido desafiando a gravidade no topo do tanque. Ou explica? Prosecco geralmente é feito usando um método (o método Charmat, se você é metido a enólogo) no qual a fermentação secundária acontece num tanque de aço inox pressurizado. Então, se alguém estragou a tampa, acho que algo assim podia mesmo acontecer.

Também é possível que o culpado seja o DAP, ou fosfato diamônico, uma levedura que às vezes é adicionada ao mosto para ajudar no processo de fermentação. Mas se você colocar muito DAP rápido demais na mistura – bom, é só assistir o vídeo para ver o que acontece.

Outra teoria ainda é que mosto de uva concentrado retificado foi acrescentado através de uma válvula na base do tanque em vez de no topo (basicamente, um enema alcoólico) e isso fez a levedura enlouquecer. Claro. Não é impossível. Seja lá qual o caso, a teoria vencedora é que a levedura deu uma festa e não fomos convidados.

“Ouvi dizer que alguém jogou um Mentos no tanque”, disse um teórico da conspiração do Facebook. Também plausível.

Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.