Publicidade
VICELAND NO ODISSEIA

Tudo o que precisas de saber sobre a gravação “Miss Universo” de Trump

"Antes de uma apresentação, vou aos bastidores e está toda a gente a vestir-se”. Não percas TRUMP CONFIDENCIAL, segundas, a partir das 23h30, VICELAND no Odisseia.

Por VICE Staff
15 Janeiro 2019, 3:50pm

Uma coisa que está a acontecer é que Tom Arnold anda por aí à procura das “Gravações de Trump”- a.k.a. gravações incriminatórias do presidente norte-americano - e a VICELAND tem toda uma série sobre esta demanda, transmitida às segundas-feiras, a partir das 23h30, no Canal Odisseia.

Este episódio de TRUMP CONFIDENCIAL em particular é dedicado a gravações de Donald Trump no papel de líder do concurso Miss Universo, por isso vamos fazer aquela coisa em que fingimos que estamos a responder a perguntas colocadas por um público imaginário.

P. O QUE É A “CASSETE MISS UNIVERSO”?

R. Trump foi o dono do concurso Miss Universo durante quase 20 anos, de 1996 a 2015. E era um desses donos que metia o nariz em tudo. Uma gravação obtida em 2009 pelo TMZ, demonstrava a forma como ele selecionava pessoalmente as concorrentes que achava mais atractivas e assegurava que avançavam na competição.

Além disso, uma vez disse a Howard Stern, “o melhor é que antes de uma apresentação, vou aos bastidores e está toda a gente a vestir-se e tudo o mais e, estás a ver, não há homens em lado nenhum, deixam-me entrar porque sou o dono do concurso, como tal, estou a inspecionar... E vês estas mulheres incríveis e, basicamente, consigo fazer este tipo de coisas”. Este tipo de histórias têm alimentado especulações sobre aquilo que Trump poderá ter sido apanhado a fazer em vídeo ou áudio enquanto se passeava lascivamente nos bastidores.


Vê o vídeo abaixo e acompanha TRUMP CONFIDENCIAL, às segundas, a partir das 23h30, no Canal Odisseia.


P. O QUE PODERÁ ESTAR NESSAS GRAVAÇÕES?

R. Quem sabe? Descobrir o que têm é, lá está, toda a premissa desta coisa do Tom Arnold.

P. QUEM TEM AS GRAVAÇÕES?

R. Em 2015, Trump vendeu a Organização Miss Universe à William Morris Endeavor, ou WME, uma agência de talentos gerida pelo super agente Ari Emanuel, a inspiração para a personagem Ari Gold na série Entourage, irmão do mayor de Chicago, Rahm Emanuel, e do neurologista e um dos arquitectos do “Obamacare”, Ezekiel Emanuel – e também amigo próximo de Trump.

É um pouco surpreendente que Ari Emanuel tenha repetidamente rejeitado os apelos de poderosos Democratas para divulgar as gravações. Afinal de contas, ele é um dos grandes financiadores do Partido Democrata e tem dois irmãos que trabalham há anos em políticas liberais. No entanto, manteve-se em silêncio durante o processo eleitoral de 2016 – não dando o seu apoio a Hillary Clinton e destacando-se entre os seus pares liberais em Hollywood por nunca ter condenado a candidatura de Trump. Nem o empresário e estrela de Shark Tank, Mark Cuban, conseguiu convencê-lo a tornar as gravações públicas.

Q. PORTANTO, PORQUE É QUE ELE NÃO DIVULGA AS GRAVAÇÕES?

R. Quem sabe! Entretanto, quando a VICELAND tentou falar com os responsáveis do concurso Miss Universo, disseram-nos que já tinham partilhado imagens de arquivo com a comunicação social.

Bem, não há volta a dar. Tens de ver TRUMP CONFIDENCIAL, no Canal Odisseia, segundas, a partir das 23h30.


Segue a VICE Portugal no Facebook, no Twitter e no Instagram.

Vê mais vídeos, documentários e reportagens em VICE VÍDEO.