Internet

É muito divertido ver italianos putos com quem faz comida italiana

Não existe fúria tão fervorosa quanto a de um italiano te vendo desrespeitar o macarrão.
19.1.18
Fotos via usuários do Flickr dbgg1979 e eatdrinkmadison .

Matéria originalmente publicada no MUNCHIES .

Vamos encarar a verdade: comida é um assunto controverso. Como cresci na Carolina do Sul, nos EUA, testemunhei mais de uma batalha verbal sobre os méritos do churrasco com vinagre versus o clássico molho de mostarda da CS. Ainda assim, enquanto esses debates podem ficar um pouco mais acirrados do que você esperaria – especialmente considerando que o molho de mostarda é objetivamente melhor mesmo – eles nunca terminaram em violência. E eu deveria ser grato por isso, porque ao considerar a conta no Twitter de Zach Champion @ItalianComments, colocar abacaxi numa pizza na Itália é um crime capital.

A rotina é simples: como um fã ávido de sites de receita como Tasty e Tastemade, Champion notou que sempre que um norte-americano tenta preparar um prato italiano de um jeito criativo (ou seja, não muito autêntico), os italianos vão deixar insultos coloridos nos comentários.

“Todas as receitas toscas de macarrão recebem respostas pesadas”, ela disse. “As pessoas no site estavam notando também, aí você via respostas mencionando os 'italianos nervosos'. Era uma parede sólida de comentários ótimos, então achei que eles mereciam sua própria conta.”

Publicidade

Agora, mais de um ano depois do começo da conta no Twitter, você poderia achar que Champion está ficando sem material. Mas não, ele diz.

“Tenho mais de 750 screenshots numa pasta em que nem mexi ainda”, ele me diz. “Acho que se eu quisesse, eu poderia continuar com essa conta pra sempre.”

Graças à pesquisa minuciosa, Champion já identificou vários “gêneros” de italianos nervosos, e até alguns figuras de linguagem que eles gostam de usar.

Os McObsessivos

“Eles adoram dizer 'vai comer um cheeseburguer'. Eles são obcecados por esse prato, provavelmente por causa do McDonald’s”, diz Champion. “Eles sempre falam que as avós deles morreriam assistindo esses vídeos. E também falam muito sobre o estado da saúde pública norte-americana.”

Os Manifestantes

Nos últimos anos a política se infiltrou na cultura – e vice-versa – então não deveria ser surpresa que esses italianos têm muito a dizer sobre certas figuras do governo norte-americano.

Os Devotos do Queijo

Pode perguntar pra qualquer italiano: não existe substituto para mozarela de verdade – tipo uma bola de queijo macia e flexível, não aquela coisa amarela gordurosa que você compra no mercado. Na verdade você não tem nem que perguntar; julgando por esses comentários, eles vão dizer na sua cara.

Os Patriotas da Pasta

Passando pelo feed de Champion, é fácil ver que esses problemas com macarrão são provavelmente a reclamação mais onipresente que esses italianos têm nesses vídeos. No final das contas, do jeito como eles veem a questão, é simples: Ferva a água, jogue o macarrão nela e pronto. Coisas extras como leite e alho só complicam as coisas.

O Contingente Anti-Abacaxi

Pela minha experiência pedindo pizza em festas aqui nos EUA, o dilema “abacaxi na pizza” divide até os amigos mais próximos. Mas para muitos italianos, isso inflama um grau de paixão de proporções épicas.

Não É Só os EUA…

O desdém por abordagens “experimentais” dos clássicos italianos vai muito além das costas da América do Norte. Em particular, as cozinhas alemã e britânica tendem a ser massacradas nesses comentários, especialmente seus produtos com carne.

Segundo Champion, não é que os italianos são mais cabreiros que qualquer outra cultura sobre o abuso contínuo de sua cozinha pelos norte-americanos – é a popularidade e onipresença de sua comida que torna o rancor deles tão visível.

Publicidade

“Se você assiste qualquer outro vídeo de alguém fazendo um prato inspirado em certa cozinha étnica, também tem gente puta com o que eles fizeram de errado”, diz ele. “A diferença é que todo mundo adora fazer macarrão em casa, e esses italianos estão cansados de te ver fazendo cagada. Muitos deles dizem que se você cozinha macarrão em qualquer coisa que não seja água, ele fica indigerível. Só um tijolo no seu estômago que pode te matar.”

Champion rapidamente aponta que respostas mais comedidas geralmente acompanham os comentários que ele posta, apesar de dizer que as injúrias geralmente superam as respostas mais sutis. Mas mais importante, ele argumenta, os italianos são muito bons em ofender aqueles que zoam as receitas deles. O fato desses comentaristas ainda estarem encontrando jeitos novos de chamar norte-americanos de gordos e indignos é um testemunho de sua criatividade.

“O que mais gosto é quando eles passam do inglês para o italiano”, diz Champion. “Aí eles partem direto para o caps. Eles vão ficando cada vez mais e mais putos. Mas quando se trata de mandar o insulto perfeito, eles são precisos. É impressionante.”

Quanto ao futuro da conta, Champion planeja continuar postando enquanto as pessoas continuarem curtindo os frutos de suas buscas nas seções de comentários de sites de receita. Recentemente ele anunciou um top ten para celebrar o primeiro ano da conta. O número nove é particularmente incisivo, com o comentarista dizendo: “Vocês comem merda e culpam Deus pela taxa de obesidade no seu país. Se comessem comida de verdade, vocês perceberiam que comeram merda a vida inteira”.

Como alguém que almoçou no McDonald’s duas vezes semana passada, para esse comentarista eu digo: Justo.

Siga a VICE Brasil no Facebook , Twitter e Instagram .