Guia VICE para a actualidade

Cinco questões para o gajo que lambeu a campainha de uma porta durante três horas

Porquê a campainha e não a maçaneta da porta? Por causa do sabor?
o lambedor de campainhas
Foto via YouTube.

Este artigo foi originalmente publicado na VICE Canadá.

A junção do actual estado de segurança da nossa sociedade com a cultura crescente de #hotcontent resultou no nascimento de um novo tipo de histórias. Tu sabes quais. Aquelas que surgem da utilização de câmaras de vigilância das casas e são divulgadas ao público com manchetes tipo "Cão Bate à Porta para Entrar em Casa", ou "Palhaço Misterioso em Alpendre de Casa de Família Mantém-se Impávido e Sereno Durante 10 Minutos".

Publicidade

Achei que já tínhamos visto de tudo, desde as mais sinistras e aborrecidas às mais interessantes, mas estava enganado… Tão, tão enganado. Não há limites.

Sinceramente, caros leitores, não estava à espera de ver um homem a lamber uma campainha durante três horas. Mas, esta história é bastante simples: na noite de passagem de ano, Roberto Daniel Arroyo, de 33 anos, foi a uma casa em Salinas, Califórnia. O casal que ali vive não estava na altura, mas os filhos estavam lá dentro. Arroyo começou, então, hm, a lamber a campainha - e a lambê-la avidamente. Lambeu e lambeu, durante três horas. Basicamente é isto.

Segundo a imprensa local, Arroyo passou mais de três horas a lamber a campainha. Com pequenas pausas para respirar - e para urinar no quintal - sim, mas na maior parte do tempo, esteve a lamber. A família teve a sorte de ter instalado uma câmara de segurança à porta que é activada por movimento, tendo começado a gravar desde o momento em que ele se aproxima e conseguindo, assim, uma boa imagem do gajo.

Os Dungans, a família dona da campainha que foi lambida por Arroyo, reagiu surpreendentemente bem, tendo dito que "acaba por dar vontade de rir, porque, tecnicamente, ele não fez nada de mal". Ainda assim, a polícia anda à procura de Arroyo, que pode vir a enfrentar acusações criminais. Mas, para já, tenho algumas perguntas para o nosso lambedor.

Aqui vai música de fundo para acompanhar a leitura:

Publicidade

Pergunta 1. Porquê a campainha e não a maçaneta? É uma questão de sabor?

Preciso que me apoiem nisto. Na campainha, a não ser que sejas uma pessoa muito estranha, usas a ponta do dedo para carregar e afastas-te. Na maçaneta, o processo não é o mesmo, é preciso usar a palma da mão inteira. Agora, eu não sou um connoisseur de lambidelas a mãos, mas suponho que essas duas partes da mão tenham um sabor diferente. É por isso que gostas da campainha, por causa do sabor? A ponta do dedo é inerentemente mais salgada que a palma da mão?

Se não é este o caso, há outra razão? Será porque gostas da sensação de usar a língua para pressionar o pequeno botão e ouvir o barulho? Não pode ser por achares que muita gente usa a campainha, porque só os loucos é que tocam à campainha compulsivamente, por isso será o facto de ser pouco usada? É a tua versão de lambidelas higiénicas?

Honestamente, esta ideia só levanta mais questões, como: Quais são as outras coisas de casa que gostas de lamber? Gostas de lamber a ponta da mangueira? É uma questão de formato? Também gostas de lamber aqueles botões para abrir a garagem, parecidos com uma campainha? Ou tem que ser mesmo a campainha, porque faz barulho ao pressionar?

Por favor responde-me. Manda-me um e-mail chris.toman@vice.com assim que te der jeito.

Pergunta 2. Porque raios é que olhas directamente para a câmara?

Não é possível que tenhas visto a câmara, que é pequena e escondida, por isso, para onde é que estavas a olhar? É que já vi este vídeo mais vezes do que devia e, de cada uma das vezes, sem falta, sinto que tu, senhor estranho, me estás a olhar directamente para a alma.

1546982191492-Screen-Shot-2019-01-08-at-32711-PM
Publicidade

Consigo sentir-te a olhar-me de alto a baixo, como se estivéssemos num casting de um filme porno. Cada lambidela que dás parece direccionada a mim e só a mim e não digo isto por narcisismo. Achava que percebia o significado de "os olhos são o espelho da alma" mas, caraças, nem de perto. Nem sei se agora já o compreendo completamente, só sei que fizemos mal ao virar as costas a Deus.

Sei que isto só nos mostra uma pequena parte das lambidelas e talvez o resto do tempo ele não tenha olhado mais para a câmara, mas ainda assim… Não consigo evitar pensar que, algures por aí, algures nas profundezas da Internet há um vídeo dele a olhar directamente para a câmara enquanto lambe sensualmente durante três horas. O que nos leva à próxima pergunta.

Pergunta 3. Três horas? TRÊS HORAS?!?!

Facto engraçado: as minhas férias acabaram há dois dias e regressei a Toronto. O tempo total de voo de Calgary a Toronto é de um pouco mais de três horas. Não é o pior voo do mundo, mas é suficientemente longo para ser chato e te ocupar o dia quase todo. E isso é, mais coisa menos coisa, a quantidade de tempo que este homem esteve a lamber esta campainha.

Para o caso de estares a pensar "Mack, enquanto alguém que passou recentemente três horas no lugar do meio de um avião da Air Canadá, achas que três horas é um tempo impressionantemente longo para se estar a lamber uma campainha?". Bem, a resposta teria que ser um redondo sim. Sim, sem dúvida que é um tempo impressionante para se estar a lamber uma campainha. Imagina estares a ver não um, mas dois jogos de futebol enquanto lambes uma campainha. É que este tipo nem sequer tinha uns headphones para ir ouvindo Sam Cooke ou Loverboy, ou seja o que for que lhe torne esta experiência mais sexy - ele simplesmente lambe. Para ter conseguido, isto deve ser algum tipo de meditação em que se atinge o estado zen através de lamber.

Publicidade

É estranho? Sim.

É um pouco perturbador? Sim.

É impressionante? Sim.

Pergunta 4. Será que isto é uma estratégia de marketing para promover uma nova série Netflix e/ou uma brincadeira tipo fake news?

Look everyone and their cousin has a Netflix deal these days so why shouldn’t the doorbell licker be one of them, huh? He’s been able to get himself some pretty outstanding press on this and why shouldn’t he translate this to something worthwhile? Actually, this honestly feels like it could be a starting point for a middling episode in the newest season of Black Mirror, isn’t it?

Quer dizer, toda a gente e mais alguma tem Netflix hoje em dia, por isso porque é que um lambedor de campainhas não poderá ter também? Ele conseguiu muita publicidade, por isso até podia dar-lhe uso e transformar a coisa em algo que valha mais a pena. Aliás, isto, sinceramente, até podia fazer parte da última temporada de Black Mirror, não acham?

Pergunta 5. Porque é que ainda estou a ver este vídeo?

Saberás tu, meu querido leitor, quantas vezes é que eu já vi, em loop, o vídeo do homem a lamber a campainha? Fiz as contas e foram cerca de 35 vezes até agora - serão mais. Basicamente, cerca de meia hora de vida dedicada a ver este gajo a lamber sexualmente esta campainha. Foda-se, até já era capaz de narrar - e de olhos fechados - a forma como ele lambe a campainha.

Ainda assim, pensando bem, isso é só 1/6 do tempo que ele a esteve a lamber, por isso não me posso queixar, certo?


Segue a VICE Portugal no Facebook, no Twitter e no Instagram.

Vê mais vídeos, documentários e reportagens em VICE VÍDEO.