Fotografia

O brasileiro que fotografa sob efeito de ayahuasca

"Tornamo-nos um na força do Daime", diz.

Por Caroline Apple
28 Janeiro 2019, 12:47pm

Todas as fotos por Alberto Lefevre. 

Este artigo foi originalmente publicado na VICE Brasil e parcialmente adaptado ao português europeu.

Abrir as portas da percepção costuma ser um dos objectivos de quem toma ayahuasca. Fractais apresentam-se e as pessoas são levadas a um estado de expansão de consciência no qual formas e cores ganham novos contornos e novas interpretações. É assim, entre tantos sentidos aflorados, que o fotógrafo paulista Alberto Lefevre, de 60 anos, trabalha.

Ele divide os momentos dos cliques com o tambor que toca durante as sessões de Santo Daime no grupo Peregrinos de Gaya, que se reúne duas vezes por mês em Itapecerica da Serra, região metropolitana de São Paulo, para "consagrar a medicina".

1548177129219-1IMG_3314-corte
Foto: Alberto Lefevre

Para o fotógrafo, a diferença de fotografar sob o efeito da substância em rituais de Daime é o movimento contrário com que as imagens se apresentam. “Na força [expressão que significa 'estar sob o efeito do chá'], as imagens chegam até mim espontaneamente. Sinto a gratidão de ter essa possibilidade de ver, de receber, captar e guardar essas imagens num momento tão delicado”, diz.

Durante as sessões, é comum ver Alberto nas clássicas posições feitas por fotógrafos que vão atrás da foto perfeita. Deita-se no chão e flutua pelo salão com um olhar observador, à espera que essas imagens apareçam à sua frente, como se pedissem para serem registadas.

1548176907336-1IMG_3098
Foto: Alberto Lefevre

Uma vez por ano, o grupo reúne-se durante uma semana para realizar o que chamam de "feitio de Daime", que é quando homens e mulheres se juntam para colher os ingredientes do chá: a folha chacrona, conhecida também como rainha e o jagube, o cipó. São dias sob o efeito, o que se torna num laboratório de exploração dos sentidos para Alberto.

“É como se entendesse com maior profundidade a qualidade da luz, da forma, da intenção das pessoas e da energia. Estamos em sintonia, tornamos-nos um na força do Daime. Conectados pelo amor, os registos acontecem e o resultado impressiona as pessoas, que passam a ter acesso à sua própria pureza e conexão com o astral”.

Mais fotos do Alberto Lefevre abaixo e no Instagram.

1548176955717-31168851_2124203040929767_3248126518622158848_n
Foto: Alberto Lefevre
1548176972010-35236687_2187971351219602_6042323892259782656_n
Foto: Alberto Lefevre
1548177013415-120180531-IMG_7953-3
Foto: Alberto Lefevre
1548177074670-35160598_2187986304551440_8305128125121953792_n
Foto: Alberto Lefevre
1548177252439-44070678_10211128986334030_3251216051806928896_n
Foto: Alberto Lefevre

Segue a VICE Portugal no Facebook, no Twitter e no Instagram.

Vê mais vídeos, documentários e reportagens em VICE VÍDEO.