Games

​Um servidor ilegal de WoW quer fechar outro servidor ilegal de WoW

A guerra dos clones, capítulo um.
18.1.17

No ano passado, um grupo de jogadores de  World of Warcraftconquistou nossos corações com uma nobre missão: tornar jogável a versão de quando o MMO mais popular da história foi lançado, em 2004. O game evoluiu tanto nesses anos que territórios inteiros muito queridos pelos usuários foram substituídos. O servidor, chamado de Nostalrius, tinha o objetivo de permitir a visitação a esses mundos novamente graças a um servidor que rodava o código antigo do jogo.

Ficamos muito chateados quando, em abril, a Blizzard mandou uma notificação extrajudicial exigindo que o Nostalrius abandonasse o projeto. Mas, após uma série de acontecimentos sórdidos e complicados, parece que a responsável por dar fim a esse nobre esforço será a própria comunidade de jogadores dedicados, e não uma empresa sem rosto. Ironicamente, o que estragou toda a situação é que o Nostalrius, após liberar seu código-fonte, está exigindo que um outro servidor que o usou, chamado Elysium, encerre suas operações.

Leia o resto da reportagem em Motherboard.