Noticias

Boletim Matutino da VICE 12/02/20

Tudo o que você precisa saber sobre o mundo esta manhã com curadoria da VICE.
12 February 2020, 12:30pm
Hans River do Rio Nascimento CPI mente
Hans River do Rio Nascimento. Foto: Jane de Araújo / Agência Senado

Brasil

Ex-funcionário de empresa de disparo de zap mente em CPI e insulta repórter da Folha

Em depoimento prestado nesta terça-feira (11) à CPMI das Fake News no Congresso, um ex-funcionário de uma agência de disparos de mensagens em massa por WhatsApp mentiu à comissão e insultou a repórter da Folha Patrícia Campos Mello. Hans River do Rio Nascimento trabalhou para a Yacows, empresa especializada em marketing digital, durante a campanha eleitoral de 2018. Em dezembro daquele ano, reportagem da Folha, baseada em documentos da Justiça do Trabalho e em relatos de Hans, mostrou que uma rede de empresas, entre elas a Yacows, recorreu ao uso fraudulento de nome e CPF de idosos para registrar chips de celular e garantir o disparo de lotes de mensagens em benefício de políticos. – Folha de S. Paulo

Deputados da CPI das Fake News mantêm grupos de zap com notícias falsas e ataques

Os deputados federais Filipe Barros (PSL-PR) e Coronel Tadeu (PSL-SP) aparecem como administradores de grupos de WhatsApp onde são compartilhadas fake news e ataques contra integrantes do Congresso Nacional e do STF (Supremo Tribunal Federal). Barros é integrante da CPI mista das Fake News no Congresso. Tadeu participou da comissão até o final do ano passado, e ganhou notoriedade ao quebrar uma placa que trazia uma charge sobre violência policial em uma exposição na Câmara, no ano passado. O ato gerou revolta entre deputados da oposição. Ambos fazem parte da "tropa de choque" do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na Câmara dos Deputados. Além disso, Barros é um dos coordenadores da equipe de coleta de assinaturas e apoios para a criação de um novo partido político, o Aliança para o Brasil, capitaneado pelo presidente. – UOL

MP entra com ação para tentar suspender nomeação de missionário na Funai

O Ministério Público Federal entrou, nesta terça-feira (11), com uma ação na Justiça para tentar suspender a nomeação de Ricardo Lopes Dias para o cargo de coordenador-geral de Índios Isolados e Recém Contatados da Funai. Indigenistas e antropólogos também têm criticado a nomeação por considerarem que ele pode adotar políticas que interfiram na cultura desses povos. Formado em teologia e antropologia, Ricardo Lopes Dias atuou durante dez anos na Missão Novas Tribos do Brasil, organização que trabalha na evangelização de índios na Amazônia. Nesse período, conviveu com a etnia matsés, que vive na terra indígena Vale do Javari, no Amazonas, Segundo caciques da etnia matsés, Ricardo Lopes Dias queria fundar uma igreja, mas não teve autorização dos índios e acabou construindo a igreja em outra área, fora da terra indígena. – G1

Exames mostram que repatriados não têm novo coronavírus; Brasil investiga 8 casos suspeitos

Exames laboratoriais mostram que os brasileiros repatriados de Wuhan, na China, e os profissionais que tiveram contato com eles não estão infectados pelo novo coronavírus, de acordo com o Ministério da Saúde. Os resultados dos testes realizados pelo Laboratório Estadual de Saúde Pública Dr. Giovanni Cysneiros (Lacen-Goiás) foram entregues ao governo nesta terça-feira (11). A informação foi divulgada nesta tarde, juntamente com o balanço diário que a pasta apresenta sobre a situação do novo coronavírus no Brasil. O grupo com 58 pessoas, sendo 34 repatriados e outros 24 profissionais, está em quarentena na Base Aérea de Anápolis, a 55 km de Goiânia. O secretário executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo dos Reis, foi perguntado sobre a possibilidade de diminuição do período de quarentena, estipulado parar durar 18 dias. – G1

Voz que liberou entrada de acusado de matar Marielle em condomínio não é do porteiro que disse ter falado com Bolsonaro, diz laudo

A voz do porteiro que liberou a entrada do ex-PM Élcio de Queiroz no condomínio Vivendas da Barra, no Rio de Janeiro, em 14 de março de 2018, dia do assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes, não é a do funcionário que havia mencionado o presidente Jair Bolsonaro aos investigadores da Delegacia de Homicídios (DH). A informação está em um laudo assinado por seis peritos da Polícia Civil e foi publicada nesta terça-feira (11) pelo jornal "O Globo". De acordo com o laudo, a pessoa que autorizou a entrada de Élcio no local foi o policial reformado Ronnie Lessa, morador do condomínio e vizinho de Bolsonaro. Tanto Élcio como Lessa estão presos. O primeiro é acusado de ter dirigido o veículo usado no crime, e o segundo é acusado de ter efetuado os disparos contra Marielle e Anderson. – G1



Isenção a agrotóxicos é quase 4 vezes a verba do Ministério do Meio Ambiente

As empresas que produzem e vendem agrotóxicos no Brasil operam embaladas por um pacote de benefícios que, somente com isenções e reduções de impostos, soma quase R$ 10 bilhões por ano. O estudo que revela essa cifra foi produzido pela Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco), por pesquisadores da Fiocruz e da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ). O valor que o governo federal e os estados deixam de arrecadar com a isenção fiscal aos pesticidas é equivalente a quase quatro vezes o orçamento total previsto para o Ministério do Meio Ambiente neste ano (R$ 2,7 bilhões) e mais que o dobro do que o SUS gastou em 2017 para tratar pacientes com câncer (R$ 4,7 bilhões). – UOL

Cinco pessoas morrem após temporais no interior de SP

Cinco pessoas morreram após a forte chuva que atingiu a região Centro-Oeste Paulista entre segunda-feira (10) e terça-feira (11). Das cinco vítimas, três delas estavam juntas em um carro que seguia para uma consulta médica em Botucatu (SP). Outras duas morreram após os veículos serem "engolidos" em rodovias. Maria Cristina Infanti Ferre e Lourival Ferre eram casados e aposentados, segundo uma parente. Eles foram encontrados em Vitoriana, distrito de Botucatu (SP), na terça-feira (11). Pais de três filhos, o casal morava no Bairro da Mina. Maria Silvia Infanti era irmã de Maria Cristina e cunhada de Lourival e morava na casa dos fundos dos dois. Epaminondas Macedo Souza era motorista de caminhão e foi encontrado morto a 1,3 quilômetro da cratera onde caiu com o veículo na rodovia Marechal Rondon (SP-300) e Cláudio Góes era funcionário da concessionária Entrevias, também caiu em uma cratera, mas na Rodovia Leonor Mendes de Barros (SP-333). – G1

Chuva alaga obra de R$ 106 milhões contra enchente em Osasco

Uma das cidades mais atingidas pela chuva que caiu na Grande São Paulo nesta segunda-feira (10), o município de Osasco decretou “estado de calamidade pública” e ainda conta os estragos da enxurrada. Entre os prejuízos do município está uma obra de combate às enchentes orçada em R$106 milhões, que ficou completamente debaixo d’água no Jardim Baronesa. Iniciada em 2014 com o prazo de trinta meses para ser entregue, a canalização do córrego Baronesa conta com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento 2 (PAC) e deveria ter sido finalizada em 2017. O objetivo da obra era justamente acabar com as enchentes no bairro, que faz divisa com o Jardim Rochdale e é sempre um dos mais atingidos pelas enxurradas que atingem a Região Metropolitana de São Paulo. – G1

Lamborghini de R$ 1,6 milhão atingida por enchente em SP não tinha seguro

As fortes chuvas que causaram alagamentos em São Paulo no início da semana provocaram destruição pela cidade. Estacionamentos foram invadidos pela água e vários carros, até mesmo uma Lamborghini Huracán avaliada em R$ 1,6 milhão, foram atingidos. O projetista Fernando Santos, que estava com o carro de luxo em sua residência no dia do incidente, disse que o veículo não era segurado. “Não sei o tamanho do prejuízo, e se o carro tem recuperação. O carro não tem seguro, porque ele ia entrar em preparação”, afirmou Santos, que tem o nome profissional de Fernando Mutant. O veículo estava em um condomínio na Vila Leopoldina, em São Paulo, quando as enchentes da última segunda-feira (10) começaram. “O que era um sonho acabou virando um pesadelo”, disse o projetista. – G1

Criança mata padrasto com facada para proteger mãe e irmão de agressão em Campinas

Uma criança de 11 anos usou uma faca para proteger a mãe e o irmão mais velho que eram agredidos e matou o padrasto na noite de segunda-feira (10), em Campinas (SP). O caso foi registrado no plantão da Polícia Civil na madrugada desta terça (11). De acordo com relatos dos envolvidos à Polícia Civil, o homem de 43 anos costumava agredir a mulher e o filho mais velho dela, de 15 anos. A companheira, em seu depoimento, diz que ele brigava por ciúmes. Na noite de segunda, após uma discussão do casal, o padrasto teria partido para novas agressões contra a companheira e depois contra o adolescente, sufocando-o com uma chave de braço. À polícia, a criança disse que, vendo que o irmão estava quase sem ar, pegou uma faca para "cutucar" o padrasto, e que não tinha a intenção de machucá-lo. – G1

Polícia investiga morte de mais de 30 gatos em condomínio no Rio

Mais de 30 gatos apareceram mortos em um condomínio na Gávea, na Zona Sul do Rio de Janeiro. As mortes aconteceram após discussões entre moradores sobre a permanência dos animais no terreno do prédio e a suspeita é de envenenamento. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil. Dezenas de bichanos vivem em uma mata junto ao condomínio há décadas. Desde o fim de janeiro, os animais começaram a aparecer mortos. “A gente não consegue descobrir quem tem a capacidade, ou quais as pessoas que têm a capacidade de fazer uma maldade dessa”, destacou Adriana dos Santos, moradora do local. – G1

Mundo

Bernie Sanders vence as primárias em New Hampshire e sai na frente da esquerda Democrata

O senador progressista Bernie Sanders venceu as primárias democratas em New Hampshire nesta terça-feira (11). Com 92% das urnas apuradas, ele tinha 26% dos votos. Pete Buttigieg, centrista e ex-prefeito de uma pequena cidade de Indiana, ficou em segundo lugar, com 25%. Antes mesmo do fim da apuração, a vitória de Sanders foi dada como certa de acordo com projeções dos principais veículos de comunicação dos Estados Unidos, incluída a emissora CNN e o jornal Washington Post. O resultado consolida os dois candidatos como principais nomes da disputa do partido à Casa Branca e coloca o ex-vice-presidente Joe Biden, que aparecia em quinto lugar, em uma situação bastante difícil. – Folha de S. Paulo

Quase metade dos sobreviventes do último coronavírus teve transtornos mentais

Entre 2002 e 2003, um coronavírus provocou pânico no mundo e quase 800 mortes pela Sars (síndrome respiratória aguda grave). Mas os estragos não pararam ali: quatro anos depois, 42% dos sobreviventes haviam desenvolvido algum transtorno mental. A maioria deles (54,5%) manifestou transtorno de estresse pós-traumático, e 39% tiveram depressão, de acordo com um estudo publicado em 2014 na revista especializada East Asian Arch Psychiatry. O medo é comum em momentos de crise em saúde pública e, portanto, faz parte da resposta a epidemias, aponta outro artigo, publicado na semana passada na revista médica The Lancet e que trata dos impactos da nova epidemia de coronavírus para a saúde mental. – Folha de S. Paulo

Músico de black metal é preso após queimar três igrejas nos EUA

Um homem de 22 anos se declarou culpado por incendiar intencionalmente três igrejas afro-americanas no Estado americano de Louisiana. Holden Matthews, de 22 anos, admitiu ter colocado fogo nos templos para "melhorar seu perfil" como músico de "black metal", segundo a promotoria. Em um período de dez dias, ele queimou três igrejas batistas na região de Opelousas, começando os ataques no final de março de 2019. Ele pode ser condenado a uma pena de 10 a 70 anos de prisão no julgamento marcado para o dia 22 de maio. As três igrejas que Matthews admitiu incendiar tinham predominantemente congregações afro-americanas. – G1

Siga a VICE Brasil no Facebook , Twitter, no Instagram e no YouTube.